Elemento terra: o norte da bruxaria

Elemento terra: o norte da bruxaria

O primeiro elemento á ser estudado é a Terra. Iremos conhecer o elemento tanto no campo da mitologia quanto na astrologia que irão nos auxiliar no entendimento dentro da bruxaria.

Dentro da bruxaria, ao montar o seu altar, irá colocar o elemento terra ao norte, e o pentáculo se torna o maior representante dentre os instrumentos. Além disso, o elemento é ligado á estação do outono, tendo como principais ervas o arroz, milho, cevada, trigo e aveia.


Leia também: A funcionalidade do altar mágico | Instrumentos mágicos de um bruxo


As cores terrosas são sua maior representação, assim como a estação: verde e marrom.

Eu sou a Terra ao seu redor Eu sou a batida do coração dentro de você Eu sou o solo abaixo de você Eu sou tudo o que sou! Abbi Spinner

Correspondências do elemento terra

Direção: Norte – O lugar das maiores trevas
Energia: Receptiva, feminina
Trabalho ritual: O corpo, crescimento, sustentação, ganho material, dinheiro, nascimento, morte, silêncio, rochas, cristais, jóias, metal, ossos, estruturas, noite, riqueza, tesouros, rendição, força de vontade, toque, empatia, crescimento, mistério, conservação, incorporação, negócios, prosperidade, emprego, estabilidade, sucesso, fertilidade, cura, forças da natureza combinadas, runas, sabedoria prática, força física, ensino.
Lugares: Cavernas, vales, cânions, florestas, abismos, campos cultivados,
fazendas, jardins, parques, cozinhas, creches, porões, minas, buracos, tocas, montanhas.
Formas rituais: Enterrar, plantar, fazer imagens de argila ou areia, andar na natureza enquanto visualiza o que se deseja.
Natureza Básica: Fertilizar, enraizar, estabilizar. A gravidade é a manifestação desse elemento.
Fase da Vida: Velhice.
Tipos de magia: Cultivo, ímãs, imagens, estátuas, pedra, árvore, nó, amarração.
Tempo: Meia-noite.
Ferramentas: pentáculo, pentagrama, imagens, pedras, sal, gemas, árvores, cordas.
Sentido: Tato
Pedras: Cristal de rochas verdes e pretas como a esmeralda e o peridoto, ônix, obsidiana, turmalina negra, quartzo rutilado..
Metais: Ferro, chumbo.
Incensos: Estoraque, benjoim.
Plantas e árvores: Confrei, hera, grãos, arroz, trigo, patchuli, vetivert, líques, musgo, nozes, plantas secas ou grandes e frondosas, carvalho, raízes.
Animais: Vaca, touro, búfalo, veado, cervo, antílope, cavalo, formiga, esquilo, texugo, urso, lobo.
Deusas: Ceres, Deméter, Gaia, Nephtys, Perséfone, Rhea, Rhiannon, Prithivi
Deuses: Adonis, Athos, Arawn, Cernunnos, Dionísio, Marduk, Pan, Tammuz.
Instrumentos: Tambor e todos os instrumentos de percussão.

O elemento terra na mitologia

Dentro da mitologia grega, entende-se terra como a rocha e planeta, no caso Gaia. Aquela que dá a vida, trouxe a ordem diante do Caos. Ambos eram opostos, Caos era a desestruturado, confuso e bagunçado, enquanto que Gaia trazia a estabilidade, ordem, e principalmente a fertilidade.


Leia também: Urano, Gaia e Caos


A principio, Gaia teria separado cada elemento que existia dentro do caos, posicionando-os em seus respectivos lugares. Tais elementos são bastantes conhecidos por nós, afinal estamos estudando um deles agora mesmo.

Outro ponto bastante interessante á respeito de Gaia, ela é representada como um aspecto feminino, cujo corpo é curvilíneo que deu origem á montanhas e colinas.

Porém, não devemos dizer que o elemento terra venha do planeta em si, no caso de Gaia, mas como também das demais divindades que representam a fertilidade, como Ceres e Deméter. Ou seja, a terra pode ser vista como algo que dá vida, que é fértil, o que explicaria a representação feminina dentro das mitologias, afinal é a mulher que passa pela gestação.

É claro que existem deuses masculinos que também representam a fertilidade, vale lembrar! Se olharmos o ser humano (não as mitologias gregas), a união do feminino e do masculino é necessário para gerar a vida.

Eventualmente, uma característica que pode envolver a natureza e a astrologia em relação aos signos terrosos, é a paciência em relação á gestão de tempo. Os signos terrosos não são apressados em fazer seus trabalhos, e podemos usar a analogia da fertilidade para entender.

Sabe o tempo que leva desde a plantação da semente até ela dar frutos? Pois então, os signos compreendem isso, e sentem-se confortáveis em esperar o tempo de tudo acontecer. Afinal de contas, por eles entenderem que é algo natural, há a segurança que tanto adoram.

O elemento terra na astrologia

Mundo material é a frase chave dos signos terrosos.


Leia mais: Signo Touro | signo de Virgem | signo de Capricórnio.


Pessoas que tem o elemento terra com forte presença em seu mapa astral costumam ser mais racionais, pés no chão do que sonhadoras. Dessa forma, o elemento carrega o simbolismo dos sentidos físicos e a realidade “aqui e agora”. Por terem o foco na forma como o mundo é, esses signos costumam ser pacientes e ter autodisciplina, se forem comparados aos demais.

A fim de explicar melhor, caso não tenha entendido como que esses signos se relacionam com o mundo material, aqui vai uma explicação simples: eles tem grande desejo e necessidade pelo material, e para conseguirem irão se organizar de modo á conseguir.

E não pense que eles irão fazer de um tudo apenas para conseguir o que querem, esses signos costumam ser deveras responsáveis. Entretanto, a constante necessidade de adquirir algo, ou de ter essa estabilidade, faz os signos produzirem em excesso e esquecer de cuidarem de si mesmos.

Por fim, outro ponto dos signos terrosos envolve a segurança. Por não serem adeptos á mudança, sendo mais fixos (como o Touro), eles buscam criar raízes e firmar sua estabilidade para se sentir seguro.

“Este elemento também é sinônimo de sensualidade, prazeres terrenos e segurança material ou sentimental, sendo suas características principais: produzir, manter, formar, construir, estabelecer, conter e limitar” (Astrolink).

Os signos terrosos costumam ser calmos e tolerantes, porém há um limite. Por não falarem suas angustias e frustrações na hora, eles guardam até explodirem. Como analogia, podemos interpretar suas fúrias como terremotos. Além disso, podem apresentar comportamentos teimosos e inertes, sendo difícil mudarem suas ideias.

Falta do elemento no mapa astral

Se há falta de terra em seu mapa astral, então é provável que seja uma pessoa que não mostra o seu verdadeiro potencial, sendo mais sonhador(a), instável e idealista. Há aquela falta de vontade de trabalhar junto com a sensação de quem ninguém te apoia.

Aprendemos anteriormente que o elemento envolve um foco de trabalhar para conseguir o que quer, mesmo que siga o seu ritmo. Tendo a falta do elemento terra, essa ideia se torna uma mera fantasia. Não há um enraizamento para atingir objetivos, sendo provável que procrastine, fuja das responsabilidades, ou seguir um caminho que não tem relação alguma com seus objetivos.

Por isso, analise o seu mapa astral e veja se o elemento terra está falta. Caso esteja, então repense em seus objetivos de vida e o compare com o caminho que está seguindo agora.

Caso queira equilibrar o elemento terra, então se prepare para a disciplina! É necessário foco e motivação. Conecte-se com o elemento terra cuidando de uma planta e meditando em seu jardim. Pise na terra descalço e converse um pouco com as plantas.

Crie o hábito de regar as plantas todos os dias. Sabe aquele solzinho da manha? Pois bem, medite no jardim durante os horários de sol (antes das 10 h da manhã, e depois das 16h), para que o elemento fogo te dê a energia necessária para correr atrás dos seus sonhos. Não se esqueça de passar protetor solar e os demais cuidados físicos!

Outras atividades que podem ser feitas, artesanato com barro, argila ou qualquer outro material. Dedique, pelo menos, uma hora do seu dia para fazer alguma dessas atividades para reconectar com a terra.

Assim, comece a fazer suas práticas, como: exercício físicos e alimentação saudável. Vai inserindo-as lentamente em sua rotina, sempre respeitando o seu limite. Porém, evite ao máximo procrastinar.

Em seu local de trabalho, poderá ter os seguintes cristais: malaquita, esmeralda, crisópraso e aventurina.

Excesso do elemento terra no mapa astral

Agora, se o mapa astral está mostrando um excesso do elemento terra então é bem provável que seja uma pessoa materialista. Gosta de conquistar cada vez mais, porém ainda não se sente á vontade com projetos e ideias que pareçam arriscadas. Ou seja, tem uma noção do seu potencial e irá se esforçar naquilo que tem certeza de que consegue.

Os signos terrosos gostam bastante de disciplina, no entanto em excesso há o controle. O mínimo sinal de instabilidade o fará seguir uma rotina sólida para resgatar aquela sensação de equilíbrio.

Podemos dizer que o excesso trás a rigidez, atenuando o aspecto material. Nesse caso, é menos fantasioso e mais pé no chão.

Alguns autores falam que o excesso do elemento terra gera uma lentidão, uma falta de energia de buscar o novo. Por analogia, seria ficar tão enraizado naquilo que já conhece, que se torna difícil perceber as novas possibilidades. O corpo chega á ficar pesado!

Por certo também é possível trabalhar com o elemento fogo para empurrar a pessoa á motivação, porém é recomendado trabalhar com os elementos que estão em falta no seu mapa astral. Caso seja do seu interesse, pode ter perto de você os seguintes cristais: cornalina, hematita, rodocrosita, e ágatas brilhantes.

Falando de modo geral, o elemento água se torna interessante por serem opostos. Com a água temos mais emoções, mutabilidade e mais sensibilidade para o que ocorre em sua volta. Que tal tomar aquele cházinho de tarde? Ou então tomar um banho mágico com algumas ervas para atrair a flexibilidade em sua vida?

O elemento em nossa fisiologia

Existem alguns livros de astrologia que fazem a correlação dos signos, elementos, planetas com o nosso corpo. Sendo assim, vamos ver como a falta e o excesso do elemento terra pode repercutir em nossa fisiologia.

Lembrando que o elemento terra governa nossos ossos, dentes, pele, cartilagens, músculos, tendões e unhas.

Fisiologia da falta do elemento terra

Tendo a falta pode tornar a pessoa apática, de pele mais amarelada e pouca memória. Pode haver dificuldade em sintonizar com o mundo material e com o que é prático. Assim sendo, há falta de concentração, indiferença, angústia e tristeza.

Por conta da falta da terra, há uma fraqueza nas pernas, que sustem o peso de nosso corpo. Assim também pode haver uma digestão lenta, maior desejo por doces e tendência á diabetes. Sua defesa imunológica acaba sendo afetada, tornando resfriados bem frequentes. Tome cuidado com alergias, falta de ar e respirações curtas.

Fisiologia do excesso do elemento terra

Como é um excesso, existe a possibilidade da pessoa estar acima do seu peso ou do que considera um corpo ideal. Lembram que eu disse “o corpo pesa”! Além do mais, há uma lentidão em seus movimentos, como se tivesse dificuldade em o fazer, assim como raciocínio. Porém, a fome é grande.

Partindo campo emocional, podem ser pessoas que são obsessivas, preocupadas, ansiosas, angustiadas e que se magoam com facilidade.

O excesso do elemento na região pélvica pode causar cálculos urinários e corrimentos abundantes. Nas mulheres, pode haver cistos no ovário, enquanto que nos homens, prostatites adenoma de próstata. Outros órgãos que são afetados são: pâncreas, baço e estômago.

Na região do tórax, o excesso do elemento afeta o pulmão, tendo muito muco respiratório com tendência á sinusite e bronquite, falta de ar e catarro no peito.

Elemental da terra

Os gnomos são os elementais da terra, sendo, também, chamados de espíritos das árvores, ou então de homenzinhos velhos da floresta. Costumam construir casas com alabastro, mármore e cimento, porém a maior parte dos mitos contam que eles habitam cada arbusto, planta ou flor.

De tal forma, podemos dizer que cada parte da natureza pode ser o habitat do gnomo, ou conter o seu espírito. Sendo assim, quando a planta morre o espírito guardião tem vem á falecer. No entanto, se a houver um pequeno resquício de vida em uma planta, como quando ela é podada, o dizem que o guardião ainda reside ali.

Não devemos dizer que os gnomos são gentis o tempo todo, isso irá depender da sua relação com ele. Segundo Scott Cunningham, esses elementais podem se dar bem e até ajudar os humanos, porém se os seus poderes forem utilizados de maneira egoísta, eles tomam atitudes bem furiosas. No entanto, quando há confiança eles se tornam fiéis e grandes protetores.

“São responsáveis pela manutenção da estrutura da Terra. Ajudam-nos a perceber as cores, a sentir as energias da Terra e ensinam a utilização das forças ocultas”.

Por fim, falando um pouco mais da cultura dos gnomos, eles são governado por um rei chamado Gob. Os gnomos tem o hábito de se casarem e terem famílias, sendo que as mulheres são chamadas de Gnomidas.

Suas vestimentas são roupas tecidas do elemento que vivem, ou parte deles como uma pelugem dos animais. Costumam ser gulosos, e se puderem passam parte do tempo comendo. Sem dúvida, a comida é fruto de um trabalho diligente. Existem alguns deles que podem chegar á esconder a comida em uma outra planta, com um ímpeto avarento.

Em suma são conhecidos por serem brincalhões, adoram esconder coisas. Sua biologia consiste em orelhas pontudas e grandes.

Alguns bruxos falam que os gnomos, assim como duendes, são responsáveis pelo minério, e representam a energia do corpo. Eles podem atrair dinheiro e fartura, sendo assim, podemos oferecer frutas com mel (como morango, cereja, groselha e amores silvestres), moedas douradas, grãos de vários tipos e vinho.

Fontes

As plantas e os planetas – Ana Bandeira Carvalho

A astrologia da Mãe-Terra – Marcia Starck

O livro das sombras – Alquimia de caldeirão

Magia natural – Scott Cunningham

Diário mágico de uma bruxa

Astrolink – Elemento Terra

Arquivo doc sobre os elementos e elementais

2 Comments

  1. Gratidão por publicar tão adorável informações

    1. É uma honra pra mim compartilhar conhecimento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sobre a autora

Alis Green

Uma bruxa escritora que é viciada em animes. Adora estudar sobre mitologias e história, como também gosta de ler romances regenciais. Quando aprende alguma coisa nova, sempre passa à frente em seus posts.

Leia sobre esses artigos
5 passos para iniciar a Bruxaria Natural Lista de leitura para Bruxinhos Iniciantes Como começar na Bruxaria Natural