Capricórnio o décimo signo do zodíaco

Capricórnio o décimo signo do zodíaco

O décimo signo do zodíaco é Capricórnio! Conheça todos os atributos de sua personalidade, e qual parte do corpo ele rege.

Data: 22 de dezembro a 19 de janeiro

Frase: “Eu uso”

Verbo: conseguir

Palavra: ambição

Natureza básica: organizadora, administradora, conservadora

Polaridade: feminino, negativo, yin

Quadruplicidade: cardinal

Elemento: Terra

Tipo do elemento: terra do alto da montanha

Regente: Saturno

Metal: chumbo

Signo oposto: Câncer

Anatomia: Ossos, joelhos, dentes, espinha dorsal, juntas, cabelo, unhas, paredes celulares.

Expressão positiva do signo: responsabilidade, capacidade de administrar, senso do dever, integridade, economia, perseverança, sangue-frio, prudência, paciência, estabilidade, concentração, meditação, sabedoria do essencial despojada de qualquer artifício (não é o mestre), ambição, amante da independência, reservado

Expressão negativa: pessimismo, melancolia, descontentamento, rancor, frieza, isolamento, vingança com senso de justiça, reserva excessiva, egoísmo, concentração, avareza, importância exagerada do poder social (mesmo sem aparecer), rigor, severidade, negativismo, indolência, preguiça, sabe se aproveitar da fraqueza dos outros

Personalidade do capricorniano

A pessoa que nasceu sob o signo de Capricórnio possui ambição para o sucesso e uma constante sensação de que deve executar algo, de que tem uma obrigação a cumprir, um dever. De tal forma que, tem objetivos e sente que deve conseguir alcançá-los. Possui fé em sua própria capacidade e é capaz de encontrar soluções para seus problemas. É metódico no trabalho, preciso e aprecia a ordem. Por consequência, nada pode impedir o nativo, nada barra seu caminho para o topo, nunca anda para trás. Aliás, possui muita intuição que utiliza para alcançar independência pessoal e segurança econômica. É prudente e utiliza tudo que leu ou viu para atingir seus objetivos. Consegue o que ambiciona de forma segura, sem arriscar nada.

É uma pessoa séria que dá a impressão de ser gelada, fria, mas, na verdade, o que existe por trás disso é reserva, prudência, timidez e uma grande necessidade de ser apreciado. Não existe neste signo nem magnetismo pessoal nem atração, o que vai ser percebido nele é uma profundidade e uma concentração.

É provável que não se surpreende com nada, é refratário ao melodramático, detesta demonstração de afeto público. É um velho quando criança e criança quando velho.

A pessoa do signo de Capricórnio se preocupa com o transcendente e com a sabedoria, mesmo sendo um signo de Terra, ou seja, apegado às coisas terrestres. Representa o eremita que medita no alto da montanha, implicando solidão. Portanto, liga-se aos processos de fechamento e, por extensão, de sabedoria. São pessoas que vivem bem a solidão mas tem uma tendência à melancolia.

Simbologia do signo de Capricórnio

Primordialmente, Capricórnio anuncia-se no Solstício do Inverno, quando a escuridão começa a dar passagem à luz na medida que os dias se tomam mais longos. Esse aumento de luz tem sido celebrado em todas as civilizações antigas, culminando com o nascimento do Cristo e a subseqüente celebração do Natal nessa época do ano.


Leia também: Sabbat da esperança – Yule


Capricórnio é simbolizado pela Cabra Montanhesa, que gradual e firmemente galga a montanha. Suas qualidades de paciência e perseverança capacitam-na a atingir o cume, apesar de muitas vezes ter de superar inúmeros obstáculos. Capricórnio tem o corpo de um peixe e a parte superior do tronco e a cabeça, de cabra; os chifres da cabra simbolizam os crescentes lunares. O peixe representa a Deusa Lua, como regente das águas.

Na Babilônia e na Suméria, a Lua, como deusa do mar, era representada na firma de sereia, como peixe ou delfim (nos zodíacos orientais, o mesmo signo é representado por um delfim). Conquanto a cabra é relacionada com a deusa da cura. Essa deusa, venerada na Líbia e na Trácia, era Aegis, significando “proteção” e “orientação”. Era representada por uma cabra, que tem o passo firme e é um animal produtor de leite. A sacerdotisa Aegis era especializada em medicina e suas vestes eram feitas de pele de cabra. Essa deusa também era conhecida como Higia, ou “saúde”, devido às curas que fazia.

Fisiologia de Capricórnio

Capricórnio rege os joelhos. Para que o capricorniano atinja sua meta, ele precisa aprender a “dobrar os joelhos”, ou a reconhecer algo maior do que ele mesmo. O capricorniano evoluído é representado pela figura de Cristo, capaz de ascender às alturas. Bem como também é o signo do executivo, do professor e do diretor.

Com efeito, pode tender a ser frio, distante e cristalizado em suas idéias e, com freqüência, patranha aqueles que considera sob sua influência. Pode também representar os aspectos mais positivos de Saturno, o planeta que rege Capricórnio, personificando o professor sábio que incorpora a disciplina e a responsabilidade, através da manifestação da confiança em si próprio.

Não só rege os joelhos, como também os elementos estruturais do corpo – a espinha, os dentes, os ossos, as juntas, os ligamentos e a pele. Quando os capricornianos se tomam demasiadamente determinados em seus pensamentos, poderá surgir uma cristalização no corpo, manifestando-se em forma de artrite e de reumatismo.

Fontes

Astrolink

Claudia Lisboa

A astrologia da Mãe-Terra – Marcia Starck

As plantas e os planetas – Ana Bandeira de Carvalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sobre a autora

Alis Green

Uma bruxa escritora que é viciada em animes. Adora estudar sobre mitologias e história, como também gosta de ler romances regenciais. Quando aprende alguma coisa nova, sempre passa à frente em seus posts.

Leia sobre esses artigos
5 passos para iniciar a Bruxaria Natural Lista de leitura para Bruxinhos Iniciantes Como começar na Bruxaria Natural