Bruxaria Caminho da Lua

Como você pode começar na bruxaria natural

como você pode começar na bruxaria natural

Tenho interesse na bruxaria natural, mas não faço a menor ideia por onde começar a praticá-la. Se identificou? Nesse post irei te ensinar como começar na bruxaria de forma simples, fácil. Requer muita dedicação, mas você pode começar agora mesmo!

Muita gente vem me perguntar como pode começar na bruxaria natural. Não somente à mim, mas acredito que muitos bruxos veteranos recebem essas perguntas em suas redes sociais. Provavelmente a resposta é sempre a mesma.

Estude.

Quando falamos que é preciso estudar, isso gera um impacto negativo nas pessoas. Afinal, não é todo mundo que gosta de estudar, alguns tem dificuldades em se concentrar. Mas eu te garanto que não tem nada relacionado aos seus tempos de escola.

No post de hoje irei te ensinar algumas coisinhas essenciais para iniciar na bruxaria.

Por que devemos estudar a bruxaria?

Primeiramente deve entender que a bruxaria é algo amplo e muito antigo. Estamos falando de olhar para trás, para a história do próprio homem há milênios. É só você pensar, há quanto tempo que o homem existe?

Durante todo esse tempo o homem teve diversas crenças que envolviam a própria natureza. Sendo assim, o número de informações são grandes. Ainda mais na medida em que novas informações são descobertas pelos historiadores e antropólogos.

Não tem como você saber de tudo em um ritmo só.

É muita coisa.

O que você aprende nos livros é uma base inicial. De resto, fica sobre sua responsabilidade ir atrás de outras informações.

Lembre-se sempre que estudar e aprender nos acompanham o resto da vida. À todo momento você está aprendendo algo novo, e isso está fora do seu controle. Por mais que você deteste estudar, não terá escapatória.

Tenha em mente que a bruxaria é uma reconexão com o passado, estabilizando o presente em rumo de um futuro próspero.

Então, por onde começo os meus estudos?

Muito bem, uma das coisas que adoro recomendar para a comunidade da Lua Natural é participar da comunidade do Amino. Esse aplicativo contém a comunidade de Wicca e Bruxaria, repleto de posts que nos ajudam no inicio de nossa jornada.

Por lá há uma biblioteca repleta de pdf’s gratuitos para você montar sua lista de leitura.

Recomendo, sempre, para os meus leitores que comecem a estudar por aquilo que chamou a atenção na bruxaria. Para alguns foi o tarô, para outros foi algum panteão. Comece por esse assunto.

Começando pelo assunto de interesse, você não irá sentir tanta preguiça de estudar. Muito bem pelo contrário, estará motivado por sua curiosidade. Então o seu processo de aprendizagem será fluído e bem sucedido.

Quando terminar um assunto, vá para outro. Um tópico sempre puxa outro, e quando menos esperar já terá aprendido muita coisa sobre a bruxaria.


Leia também: Estudos de uma bruxinha iniciante | Teoria Wicca: primeiros estudos


Quando começar a praticar a bruxaria

Isso irá depender de você.

Não sou daquelas de recomendar já começar pela prática, pois a bruxaria requer responsabilidades. E você só irá entender quais são elas ao estudar.

Porém, algumas pessoas preferem partir pela prática. Por exemplo, aprender a fazer um feitiço de prosperidade. Então ela pode pegar um feitiço que encontrou em um livro, e estudar as propriedades mágicas de cada ingrediente.

Nesse caso é uma prática boa, pois engloba a teoria de certa forma.

O motivo de eu não recomendar a prática já de inicio é justamente por conta da falta de informações que podem prejudicar o seu feitiço. É o que acontece quando a pessoa opta por cultuar uma divindade pagã, mas não conhece sua história, não sabe seus atributos.

Vale lembrar que divindade é coisa séria! Não dá para deixar de cultuá-los a seu bel prazer. Eles podem ficar irritados.

Sendo assim, recomendo que faça uma prática que te coloque a conhecer suas propriedades mágicas. Seja curioso e atento.

Não sei por onde começar os estudos, alguma dica?

Se não há um assunto específico que tenha ganhado a sua atenção para começar os seus estudos, então eu tenho algumas recomendações.

Primeiro pode iniciar a leitura da “História da bruxaria” de Jeffrey B. Russel. É uma leitura um pouco complicada, mas importante, pois ele passa pela história da bruxaria antes da Santa Inquisição ter ocorrido.

O autor pincela também a própria caça às bruxas e encerra falando sobre o surgimento da bruxaria moderna. A partir dele conhecemos algumas figuras importantes como o próprio Gerald Gardner.

Segundo, recomendo a leitura dos livros do autor Scott Cunninghan. Ele era um bruxo wiccano que deixou para nós vários ensinamentos. Seus livros são fáceis de entender, e contém todo o básico que a Wicca e a Bruxaria Natural seguem.

Além disso, ele tem um livro específico para os praticantes solitários, bruxos que não fazem parte de coven. Chama-se “O guia essencial da bruxa solitária“.

Em terceiro lugar, recomendo a leitura do livro “Grimório para aprendiz de feiticeiro“. Ele é bem grandinho, porém seus ensinamentos são sensacionais. Principalmente sobre os sabbats, quatro elementos e os instrumentos mágicos.

Por último, recomendo o livro da Gabi Violeta “Naturalmente bruxa”, que engloba os ensinamentos básicos da bruxaria natural, sem ser ligada à Wicca.

Meus estudos dependem só de livros?

É claro que não.

Hoje em dia a informação vem de várias formas, inclusive em vídeos. Já fiz um post aqui no blog recomendando canais de bruxos que ensinam a gente sobre a bruxaria natural e a Wicca. Vale a pena aprender com eles, pois é um material visual que nos ajuda a estudar.

Além disso também recomendo seguir bruxos no instagram. Há vários deles que fazem postagens ensinando coisinhas rápidas da bruxaria, ou assunto de seu interesse.

Devido ao marketing de conteúdo, os bruxos veteranos fazem cursos gratuitos por uma semana, por volta de 4 à 5 aulas. Aproveite essas oportunidades caso não tenha a oportunidade de pagar por algum curso.


Leia também: Canal de bruxa – 7 recomendações para seus estudos | Como a bruxaria moderna surgiu


Peraí, há curso pago de bruxaria?

Sim.

Existem cursos pagos que ensinam sobre a bruxaria, mas não posso afirmar sobre a Wicca (há quem diga que não tem, enquanto outros falam que fizeram). Infelizmente não irei recomendar algum, pois não conheço profundamente a qualidade desses cursos.

O ponto interessante de se pagar por um curso é a possibilidade de conhecer outros praticantes e já ser inserido na comunidade.

Isso é importante principalmente para quem deseja entrar na Wicca. Diferente da bruxaria natural, a Wicca passa pelo ritual de iniciação. Ou seja, há procedimentos formais para se fazer parte dela. Se for de sua vontade, procure por um coven perto de sua casa para se informar corretamente.

Já a bruxaria natural por não ser uma religião, não há um processo formal de iniciação. Então você pode optar por um curso para formalizar seus estudos, ou fazer por conta própria.

Conclusão

Há vários meios de iniciar a sua jornada na bruxaria, o ideal é saber por qual delas se sentirá a vontade para começar.

Não tem como fugir dos estudos. A bruxaria não pode ser levada com preguiça, é algo sério que requer responsabilidade. Leve a sério todo o processo de desenvolvimento nessa filosofia de vida.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Recomendados