Dicas de escrita Escrita Naturalizada Produtividade & Marketing

Bloqueio criativo: 6 dicas para lidar com o estresse

Bloqueio criativo

O terror de muitos escritores e criadores de conteúdo: o bloqueio criativo. Você já passou por um bloqueio? Teme passar por ele, e não saber como agir nessa situação? Venha que eu irei te ensinar algumas técnicas.

O bloqueio criativo nada mais é aquele momento que sentimos vontade de escrever, mas algo nos impede. Nada vem na cabeça, parece que simplesmente as coisas não estão fluindo. Para algumas pessoas esse bloqueio dura pouco tempo, já para outros pode permanecer por dias estendidos.

Durante essa situação de inatividade, a pessoa se sente frustrada e até mesmo pressionada, pois ela precisa produzir algo e nada vem em mente. Por isso o bloqueio criativo acaba sendo visto como algo negativo que só atrapalha a rotina das pessoas.

Mas vamos conversar um pouco mais sobre como os bloqueios acontecem e quais são as melhores formas de lidar com ele.

Por que temos um bloqueio criativo?

Na maior parte das situações o bloqueio advém de uma situação estressante.

Muitos criadores de conteúdo esquecem de dar aquela pausa para deixar a mente livre de preocupações, o que enche o órgão de informações paralelas que lhe causam ainda mais estresse. Resultado, a pessoa se obriga a sentar na frente do computador e ser criativo, mas a cabeça “faz birra” pedindo por uma pausa.

Basicamente é isso.

Por isso que muitas empresas incentivam seus colaboradores á fazer pausas no trabalho, ou investem dinheiro em criar salas para descontrair ou até mesmo tirarem um cochilo. Afinal, o trabalho é estressante de alguma forma, pois você lida com coisas difíceis, minuciosas, ansiedade, raiva, etc. Tudo isso gera o estresse, que pega muito de nossa energia.

Imagina passar por essa montanha russa emocional diariamente. É claro que seu cérebro vai ficar cansado, tornando complicado acessar alguma informação criativa.

Até mesmo a simples pressão de “preciso produzir alguma coisa” já é suficiente para gerar o bloqueio criativo. A criatividade é algo mais natural, que vem com fluidez, com pressão você não consegue acessar com tanta facilidade.

O que podemos fazer para lidar com bloqueio criativo?

Quando estiver passando por uma situação de estresse perante o trabalho, pare o que está fazendo e vá respirar em uma área aberta.

Ficar sentado na frente do computador, batendo a cabeça no teclado para ver se sai algo não vai adiantar!

Se nada está fluindo, tudo bem. É normal que a criatividade venha em algum momento e vá embora em outro, pois não a usamos em tempo integral.

É exatamente por isso que as pessoas desenvolvem técnicas para guardar as ideias criativas. Para serem usadas em momento em que o bloqueio está começando á se instalar.

Vamos resumir então, para ficar fácil de você lembrar mais tarde. Quando o bloqueio criativo chegar, a primeira coisa que irá fazer é sair do ambiente em que se encontra, e ir para um espaço aberto onde poderá respirar fundo.

Busque se acalmar, não deixe a ansiedade e a frustração chegarem até você. Se não, irá se desesperar e tudo vira um ciclo vicioso. Respire fundo, conte até dez, observe a paisagem em sua volta, perceba as cores, a brisa, as pessoas, os sons.

Se for hora do cafezinho, então aproveite para se alimentar bem. Caso tenha alguém por perto, converse ligeiramente com ela, sobre qualquer assunto menos trabalho.

Enquanto você faz esse jogo de cintura, teu cérebro “respira” e desestressa.

Tenha um caderno de ideias

Essa é uma ideia geral, um caderno de ideias. Se não puder escrever, digite então. Aplicativos como o Evernote e Notion são ideais para isso, pois você pode acessá-los pelo celular e pelo computador.

O negócio é ter algo fixo onde você sabe que terá um banco de ideias. Ao retornar do cafezinho, de uma olhada nas ideias que ainda não foram usadas, ou tente reciclar uma que já foi utilizada. Alguns assuntos precisam de atualização de informações.

Tendo esse caderno de ideias sempre por perto, é interessante para anotar as ideias quando você não está em um momento de trabalho. Na maior parte das vezes, as pessoas tem um insight criativo em momentos de lazer, justamente quando não estão passando por um estresse.

Já pegue um caderno velho ou crie uma pasta em um aplicativo, e comece anotar suas ideias.


Leia também: Como me inspiro para escrever


Tenha atividades de lazer

Pode parecer algo banal, mas é como dito anteriormente, nos momentos de maior descontração é que vem uma ideia genial.

Atividades de lazer podem englobar atividades físicas, leituras, ver um filme ou novela, ou até mesmo conversar com alguém.

São momento de “relaxamento” do trabalho, onde não tem tanta atividade cerebral acontecendo. Dessa forma, a via da criatividade não está em pleno tráfego.

Até mesmo tomar banho ajuda! Quem nunca teve ideias enquanto toma banho?

Organize o seu ambiente de trabalho

Sempre defendo que o ambiente em que nos encontramos facilmente nos influencia. Por isso dê uma boa olhada para a mesa onde você costuma escrever e trabalhar.

Está bagunçada? Então limpe-a.

Renove sua mesa, troque tudo de lugar, decore-a de maneira diferente. Aproveite para tirar coisas que não são usadas por você, e passe para frente ou jogue fora. Deixe somente aquilo que irá ser usado no seu trabalho.

Se for necessário, troque até a cortina do ambiente.

Assim você se sentirá motivado á trabalhar, e dessa forma algumas coisas podem ser inspiradores na hora de criar.

Um ambiente de trabalho bagunçado e sujo impede que a boa energia circule pelo ambiente. Na verdade, é capaz de atrair o oposto, uma energia ruim e cansativa. Abra a janela, deixe o vento circular, coloque um aromatizador de sua preferência e sinta a diferença!


Leia também: A falta de organização pode nos atrapalhar?


Opte pelo menor, vá em passos de formiga

Muitas pessoas costumam ser bem ansiosas e querem fazer o trabalho todo de uma só vez. Isso pode gerar o bloqueio criativo, além de comprometer a qualidade do trabalho.

Enquanto estiver em pleno bloqueio criativo, tente fazer algo pequeno e curto. Rápido, que não demanda tanta atenção.

Vou usar como exemplo os escritores. Ao invés de já sair escrevendo a história, revise seus planejamentos, veja se faltou alguma informação importante. Revise a ficha dos seus personagens, o planejamento de cenas, dos arcos.

Faça uma coisa de cada vez, sem se preocupar com o tempo. Essa é uma forma de se distrair sem sair do trabalho. Se alguém reclamar, diga que está apenas revisando para ter certeza que tudo está coerente e correto.

Por incrível que pareça, por alguns serem tão afobados na hora de criar, elas estão recebendo vários estímulos ao mesmo tempo. Então enquanto ela escreve, ela tá pensando sobre o diálogo, descrição de cenário, descrição de movimento. Ela não consegue focar em uma coisa só.

Fazendo um por um, seu cérebro conseguirá focar e permitir que a criatividade retorne lentamente.

Siga caminhos novos

Quando estiver lidando com um projeto, tente pelo novo. Experimente outras técnicas, aprenda algo que te deixe fora da caixinha.

Por exemplo, na escrita existem diferentes métodos de escrever um livro. Explore cada uma delas, tente e veja os resultados obtidos.

Se for necessário tire um tempo para aprender algo novo, ver como outras pessoas do seu nicho costumam trabalhar. Esse seria um momento de coletar informações diferentes, e se visualizar fazendo-nas. De tal forma, já estará dando uma pausa nas atividades e saindo da pressão “preciso criar”.

Afinal de contas, faz parte do processo criativo coletar informações e aprender coisas novas. É um baso básico que você estará retomando, só que dessa vez o caminho será novo e desconhecido.

Conclusão

Podemos entender que o bloqueio criativo acontece nos momentos de maior estresse, e tudo o que precisamos fazer é tomar outro caminho para fugir da pressão de criar algo. Existem várias vias que podemos escolher, porém tenha em mente que estamos fugindo daquilo que deu errado.

Não adianta você fazer cada passo, e no final das contas refazer aquilo que culminou no bloqueio criativo. É pra fazer diferente! Saia da caixinha.

Vou deixar aqui nas fontes alguns sites que dão dicas para sair do bloqueio criativo. Espero que encontre sua força inspiradora!

Fontes

Laís Schulz – Bloqueio criativo? 11 forma para se livrar dele

Querida jornada – Xô bloqueio: 10 dicas para abrir a mente e ser mais criativo

Andreia Moita – Como ultrapassar o bloqueio criativo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Recomendados