O romance clichê da feia mais bela

o romance clichê d feia mais bela

A mulher feia porém inteligente que se apaixona por seu chefe bonitão e mulherengo se tornou um clichê das novelas. Nesse post, irei analisar o enredo da novela mexicana “A feia mais bela”, focando no relacionamento do casal principal.

Quem me segue no instagram (@autora.alisgreen) sabe que na última semana me dediquei a assistir a história do casal Letícia e Fernando da novela mexicana “A feia mais bela”. Desconsiderando as demais subtramas da novela, e focando apenas no casal principal, separei alguns tópicos para discutirmos sobre esse clichê.

E sim, ele já se torna um clichê uma vez que há tantas outras versões dessa novela, e também por ser um enredo muito comum em livros para o público infanto-juvenil. Nesse caso, a narrativa passa por uma transformação de ambientação de um escritório para uma escola, tornando esse tipo de plot um romance escolar.

Mas chega de enrolação, e vamos ao que interessa.

Um breve resumo da história clichê do casal principal

Letícia é uma mulher considerada feia, porém muito inteligente que busca por um emprego e dar início à uma carreira de sucesso. Para isso, concorre à vaga de secretária da presidência de uma agência de produção comercial.

A empresa está recebendo um novo presidente, o filho do fundador e o mulherengo Fernando. O protagonista masculino está de casamento marcado, mas adora sair com mulheres bonitas. Para evitar que a melhor amiga de sua noiva fique lhe observando com as amantes, Fernando aceita Letícia como sua secretária justamente por ser feia o suficiente para não levantar suspeitas de sua noiva.

Acontece que estando no cargo da presidência, Fernando não consegue tomar boas decisões. Seu melhor amigo, e vice-presidente da agência, lhe aconselha a usar Letícia para criar uma empresa para que possam se endividar e controlar a situação financeira da empresa sem que os bancos a tomem.

Devido ao fato de Letícia estar apaixonada por Fernando, e ter se tornando fiel à ele encobrindo suas escapadas com as amantes, ela ganha a confiança de seu chefe e aceita seu plano, mesmo sendo ilegal. No entanto, as péssimas decisões de Fernando levam Letícia a embargar a empresa de Fernando, tornando-se legalmente dona da empresa Conceptos (empresa de Fernando e companhia).

Com medo de que Letícia passe a perna e tome posse da Conceptos, Omar e Fernando armam um plano para seduzir a moça e mantê-la sob controle do plano. No entanto, Fernando acaba por se apaixonar por Letícia.

Tudo parece seguir o bom caminho, até a Letícia encontrar uma carta escrita por Omar que revela todo o plano, e destruir completamente seus sentimentos por Fernando.

Mudança do conceito de beleza de 2006 para 2021

Esse é o primeiro ponto que devemos considerar quando se trata dessa novela, o padrão de beleza mudou com o passar dos anos. As mulheres que buscavam alisar os cabelos agora assumem seus cachos e passam a cuidá-los com mais atenção e carinho. Até mesmo as linhas de produtos estão focando nesse cuidado aos cabelos cacheados.

Letícia não é uma mulher feia, mesmo que use aparelho e óculos. Até mesmo suas roupas, apesar de parecerem de séculos atrás, se reorganizadas devidamente podem parecer bonitas.

E com essa minha fala já podemos perceber a diferença da visão que podemos ter sobre o conceito de beleza.

Inclusive, se percebermos as demais personagens que são consideradas belas, encontramos modelos que fazem uso carregado de maquiagem. Já hoje em dia até mesmo os maquiadores optam por algo mais leve que realce a beleza natural da mulher.

Mesmo no final da novela, quando a Letícia se transforma em uma bela mulher para os padrões, está fazendo uso de uma maquiagem carregada.

Levando em consideração que estamos em uma era em que a beleza natural da mulher é buscada, pode ser que vejamos a feiura de Letícia com outros olhos e a questionemos. Mas ao ver a novela é preciso se lembrar de que ela foi realizada no início dos anos 2000, por isso devemos levar em consideração o que era padrão de beleza na época.

Porém, se formos considerar o enredo e atualizá-lo para os tempos atuais fica o questionamento: a Letícia deveria se transformar em Aurora?

Letícia e Aurora, duas belezas diferentes

Com certeza a resposta será não.

Atualmente os enredos buscam inspirar as mulheres a aceitarem a beleza que elas tem por natureza. Ou seja, não mudar de forma drástica para entrarem em algum padrão de beleza.

Apesar de ser um clichê que faz os leitores se sentirem representados e, até mesmo, gerar conexão e identificação, é um enredo que sofreria mudanças nesse quesito.

Fernando se apaixona por Letícia, e até mesmo chega a menosprezar a Aurora por ela ser uma diva. Espalha aos quatro cantos que “sua Lety” é bela. Ou seja, seria perfeito endossar a beleza natural sem haver a necessidade de Letícia se transformar para “mais bela”.

Caso fosse necessário, e realmente necessário, a protagonista passar por uma transformação no visual, recomendaria que fosse feito gradualmente ao longo da novela. Pois assim mostra que com o passar do tempo, a personagem foi mudando. Esse tipo de mudança é esperado dentro de um enredo.

Inclusive, na netflix há uma novela que mostra essa transformação por parte da protagonista sendo gradual. Deixarei o link dela no final do post.

Aurora vem para mostrar um outro lado de Letícia, talvez um traço de personalidade que nem ela conhecia. No entanto, não senti uma necessidade de ela estar presente na história além de ensinar uma lição no próprio Omar. De resto, não faria diferença estar ou não presente.

Machismo de Omar e Fernando

Realmente os tempos mudam, e damos graças aos céus por hoje em dia podermos discutir sobre esses assuntos, principalmente dentro dos relacionamentos.

Se for assistir a novela se prepare para diálogos machistas por parte de Omar e Fernando. Apesar de que os dois aprendem a lição no final da novela, o que nos mostra que eles também se transformam. Ambos são mulherengos, evitam se apaixonar por mulheres, falam de seus corpos e até mesmo pensam que as mulheres são fáceis de manipular.

Omar é o principal fator que desencadeia toda a situação entre Fernando e Letícia. Principalmente por gerar as mais diferentes, e malucas, suspeitas sobre a Letícia e fazer com que seu melhor amigo entre na onda. Basta lembrar que Omar é quem falava sobre o Thomás e Letícia estarem planejando algum tipo de golpe.

Apesar da intenção de Omar é ajudar Fernando a ter posse da Conceptos, nada muda o fato de ele propor o péssimo plano de seduzir a mulher. Há várias cenas em que ele tira sarro do Fernando ter que beijar e até mesmo ter relações sexuais com a Letícia, como se o fato de ela ser considerada feia a tornasse uma péssima amante.

Inclusive, na medida em que Fernando vai se apaixonando por Letícia, ele tenta corrigir Omar e pedir que não a chamasse de nomes pejorativos. Porém, ele aprende mesmo é quando acontece de ele ser menosprezado pela diva Aurora.

É claro que na novela há uma gama de personagens que fazem comentários horríveis sobre a aparência de Letícia, só que Fernando e Omar ganham o destaque por conta do plano horrendo que bolam. A única pessoa que considera os sentimentos de Letícia, e que demonstra o peso da culpa em sua consciência é Fernando.

AInda assim, os personagens conseguem se tornarem melhores e diminuírem a toxicidade em relação às mulheres.

A autossabotagem de Letícia

Apesar de ser a personagem que sofre com o plano de Fernando e Omar, Letícia também passa longe do perfeccionismo.

É uma personagem que se menospreza, afirmando não ser mulher o suficiente para ficar com Fernando. No episódio em que os dois passam a primeira noite juntos, ela faz uso da chantagem emocional para conseguir o que quer.

É claro que isso não é um ato consciente.

Fernando havia planejado com Omar de que no aniversário de Letícia ambos iriam dormir juntos, porém na hora h Fernando não consegue. Diz à Letícia que não sente vontade, e a garota se decepciona. Começa a chorar dizendo que por ser feia ela não despertaria nenhum desejo em nenhum homem.

Toda a lamentação de Letícia faz com que o coração de Fernando se derreta e ele acabe por dormir com ela para provar que há, pelo menos um, homem que a deseja fortemente.

Há outras cenas em que Letícia começa a chorar e se menosprezar, usando a questão da beleza para fazer com que o Fernando a prove que está errada e que demonstre seus sentimentos por ela com mais abertura. Sendo assim, além de sabotar a si próprio afirmando-se como feia e indesejável, Letícia se coloca no papel de vítima para receber afeto de seu amor.

Inclusive, muitas cenas de choro. Como ela chora. Oh céus, a rainha do drama chegou.

A maior autossabotagem de Letícia

Em uma de suas autossabotagens, Letícia sempre relembra Fernando de seu casamento com Márcia. De que mesmo a noiva sendo uma mulher que menospreza e faz de tudo para ver Letícia longe de Fernando, a garota considera seus sentimentos. “A dona Márcia vai ficar triste”, “Ela também ama o senhor Fernando”.

Letícia leva em consideração que Márcia realmente ama Fernando, e que sofre em saber que ele tem amantes. Por isso ela sempre se lembra de que sair com o seu chefe é o maior erro.

Mesmo assim, ela não para com os encontros com Fernando.

Apesar de haverem situações em que Letícia termina o relacionamento, Fernando a puxa de volta para manter o plano de Omar, e evitar que a empresa sofra algum problema financeiro. É claro que Letícia cede e se joga nos braços de seu amor.

Caso ela realmente estivesse firme em terminar a relação, e ter respeito pelo noivado, ela não teria cedido. Porém, não teríamos história.

Levando em consideração esse enredo, é repetitivo o chororô de Letícia sobre estar enganando a Márcia.

Rivalidade feminina por causa de um homem

Desde o primeiro momento em que se viram, Márcia detesta Letícia e faz de tudo para vê-la fora da empresa. Saber que ela encoberta Fernando de seus casos com as amantes torna a relação com a protagonista ainda mais intrigante e briguenta.

Apesar não considerar Letícia “mulher o suficiente” para ser suspeita de ser amante de Fernando, Márcia sente-se enciumada com a proximidade que ambos tem. Quando se trata de trabalho, o rapaz sempre buscava a ajuda e opinião de Letícia ao invés de pedir ajuda de sua noiva.

Toda a rivalidade feminina por causa de um homem é discutível para que não se torne uma mensagem tóxica. Ciúmes é um sentimento comum, porém temos de nos atentar em até que ponto é justificável para uma intriga entre duas mulheres.

Além disso, usar o amor e fidelidade de ambas as personagens para justificar o fato de permanecerem ao lado de Fernando pode deixar a história maçante. Márcia deveria ter terminado com o noivado há tempos, pois sabia que o noivo não era fiel à ela. Essa relação só é finalizada claramente quando Fernando diz no quê Márcia havia errado e demonstrando que havia se apaixonado por Letícia.

Da mesma forma como Letícia só corre aos braços de Fernando quando a Márcia é clara sobre os sentimentos do rapaz.

Apesar de ser uma rivalidade sem justificativa, as duas constroem uma relação na reta final da novela.

A carta de Omar que foi descoberta por Letícia

Muito bem, chegamos à um quesito que até agora me questiono o motivo de ela existir dentro desse enredo. Inclusive, o próprio Fernando pergunta à Omar o porquê de ter escrito a dita carta.

Para contextualizar quem não viu a novela, Omar e Márcia iriam viajar para a Alemanha para cuidar de negócios. Omar estava responsável por comprar os presentes e escrever os bilhetes apaixonados que Fernando iria entregar à Letícia. Para evitar que o seu chefe faça besteiras, Omar arruma tudo para que o plano siga o seu curso em sua ausência.

Acontece que no meio dos presentes e bilhetes, Omar escreveu uma carta em que lembraria Fernando o motivo de estarem seguindo o plano. Além de esclarecer que a relação de Letícia e Fernando era uma armação, fez uso de nomes pejorativos para se referir à protagonista.

A carta some, Fernando a procura por toda a empresa, e ela cai nas mãos de Letícia. É o ponto chave para que ela descubra o plano e se afaste de Fernando dando início à segunda fase da novela.

Mas a carta só serviu para isso.

Em um caso de reescrita do enredo, iria preferir que Letícia escutasse uma conversa entre Omar e Fernando, já que os dois vivem de cochichos e às vezes falam alto o suficiente para que ela escutasse de sua sala. Seria algo mais natural, já que os dois rapazes estão sempre discutindo sobre o plano e pensando em justificativas sobre o relacionamento de Letícia com Thomás.

Um segundo ponto que levaria em consideração nessa ideia seria que na conversa não haveria o uso dos nomes pejorativos com tanta falta de respeito como houve na carta. Seria mais ameno, focando na discussão do plano ao invés de instruções pontuais.

O processo de reconquista de Fernando

Após descobrir o plano, Letícia cria uma situação que conta ao conselho da Conceptos a situação do embargo e endividamento da empresa, e também mostra tanto ao Omar quanto ao Fernando que ela descobriu o plano.

Enquanto Letícia lida com sua decepção e frustração, fugindo para o litoral onde conhece Aldo, Fernando já está completamente apaixonado por Letícia e não sabe lidar com sua atual situação. Ele se envolve em brigas, afunda-se no álcool e perde sua posição de presidente da Conceptos. Literalmente chegou ao fundo do poço.

No meio de sua jornada de encontrar Letícia, Fernando encontra Jorge Flores que lhe aconselha a encontrar a si mesmo antes de retomar a relação com a protagonista. Esse conselho faz todo o sentido, uma vez que tanto a farsa da relação quanto a da empresa desmoronaram de uma só vez.

Encontre a si mesmo, Fernando

Segundo o que o vidente aconselhou, Fernando precisaria resolver a situação da empresa primeira para somente depois focar em Letícia.

Se pararmos para observar atentamente, até a reta final da novela, Fernando nunca admitiu publicamente os seus sentimentos por Letícia. Quando se trata dela, ele sempre se refere na importância que Letícia tem para recuperar a Conceptos. Ou seja, Fernando passa a impressão de se importar muito mais com a empresa do que com a garota.

Mesmo que em dado momento isso se torne o contrário.

Resolver a si mesmo seria justamente Fernando entender o que quer para a sua vida. Até que ponto a empresa lhe é importante. O principal motivo de ele manter-se preso à empresa é por ela ter sido fundada por seu pai, e pelo finado pai da Márcia, ou seja é uma empresa familiar. Querer cuidar dela e torná-la próspera para que seu pai tenha orgulho, é o principal objetivo de Fernando enquanto Presidente.

Na segunda fase da novela, onde Fernando já não é mais presidente, a situação financeira não é um segredo, ele se encontra livre para recomeçar. Então, mesmo trabalhando em um cargo inferior na Conceptos, Fernando aprende a dar mais valor ao que a Letícia deseja para ser feliz, do que para o que é melhor para a empresa.

Os maus entendidos com Thomás e Aldo

Fernando é um personagem ciumento, e ele próprio admite isso. Apesar de alguns de seus chiliques enciumados serem engraçados, isso não significa que são certos.

Na primeira fase da novela o protagonista desconhece o Thomás, mas ouve falar dele por ser denominado o namorado rico de Letícia. Como Fernando e Letícia haviam iniciado o relacionamento secreto, o protagonista tem receio de ser descoberto pelo pelotão das fofoqueiras.

Só que a mulher mais feia da empresa está apaixonada, e o nome do pretende que está na boca do povo é Thomas. Não demora para que Omar e Fernando acreditem que o “casal” está bolando algum plano para tomar posse da Conceptos.

Mesmo conhecendo Thomas pessoalmente, Fernando não gosta dele. Após descobrir a carta, Letícia ainda usa desses ciúmes para provocar o chefe. Em um episódio em que Thomas leva Letícia para visitar uma colega de trabalho doente, Fernando vai atrás e começa uma briga com o melhor amigo da protagonista. A briga é intensa, feia e só encerra com Letícia dando um tapa no rosto de Fernando.

Nessa cena conseguimos ver até que ponto Fernando se perde em sua cólera enciumada, e como ele consegue ser possessivo com Letícia em “mandá-la” ir embora consigo.

Da mesma forma ele age com Aldo, só que a diferença é que Aldo admite abertamente o seus sentimentos por Letícia. Thomás é melhor amigo, já Aldo é um potencial namorado (e noivo) de Letícia. Fernando também inicia uma briga com Aldo, porém suas atitudes não são consideradas provas de seus sentimentos por Letícia. Na verdade, a garota foge das brigas para não vê-la.

O vai e volta de Letícia com suas paixonites

A novela foi esticada devido ao sucesso de audiência, porém isso não significa que tivemos um enredo que agradasse à todos. Essa foi uma pequena parte que deixou muitas pessoas, e eu, angustiados por parte da protagonista.

Letícia inicia seu romance com Fernando, descobre a carta, foge para o litoral onde conhece Aldo. Ela volta para a Conceptos onde se torna a nova presidente, e Aldo a segue se tornando presente na rotina de trabalho. Há uma concorrência entre Fernando e Aldo, porém graças à Márcia, Letícia volta com Fernando.

Quando Aldo a vê beijando Fernando, sente-se muito entristecida e opta por se afastar de Fernando. Aldo compra a divida da Conceptos e assim Letícia opta por namorar com ele, deixando Fernando para trás. O relacionamento se desenvolve ao ponto de Aldo pedi-la em casamento, porém quando todas as dividas da empresa são pagas, Fernando vai embora.

Aldo entrega o diário de Fernando que faz Letícia admitir que ama o ex-chefe, e vai atrás dele.

Perceba que foi um vai e volta muito prolongado, o que deixa os telespectadores completamente angustiados. Desde o final da primeira fase acompanhamos o sofrimento de Fernando, e já compreendemos que ele se arrependeu de seus atos e está mudando.

O namoro de Letícia e Aldo não me passou muita credibilidade, pois foi justamente seguido dele ter comprado a divida da empresa. Deu a impressão de que Aldo fez isso propositalmente. Levando em consideração o final da novela, e o possível desfecho de Aldo, até que faz sentido.

De qualquer forma, a impressão que deu é que a personagem é muito indecisa e não consegue discernir os seus sentimentos sobre os dois rapazes. Isso seria discutível em um poliamor, mas levando em consideração que a novela retrata um relacionamento entre duas pessoas, essa indecisão precisaria ser mais trabalhada.

Seria interessante a gente acompanhar as reflexões de Letícia antes de ela tomar alguma decisão de ficar com alguém. Nesse caso não assumiria as relações dando oportunidade tanto pro Aldo quanto para Fernando de demonstrarem seus sentimentos.

Figura paterna autoritária

Nesse último tópico quero retratar é a figura do seu Erasmo, pai de Letícia. Se a sua intenção é assistir a novela, já se prepare para se frustrar com a figura paterna.

O pai de Letícia é muito autoritário, sendo que ela tem de pedir a permissão do pai para chegar mais tarde em casa, sair com amigas ou viajar à trabalho. Só de ele ouvir Fernando chamando a Letícia aos gritos, Erasmo vai até a empresa para ter uma conversinha com o chefe de sua filha. Até mesmo na reta final da novela ele mantém essa atitude.

Precisamos lembrar que a protagonista é adulta, e não uma criança. Ele chega a ser grosseiro em algumas cenas com a esposa Julieta.

Mesmo sendo uma personalidade desagradável, é interessante como é utilizado na história. Como a Letícia é sempre certinha, seguindo as regras de seu pai, quando começa a ter um caso com Fernando ela tem mentindo. Mesmo se sentindo mal por estar fazendo se comportando de tantas maneiras que o pai considera ruim, Letícia continua a ter um caso com Fernando e a esconder certas ocorridos da empresa.



Conclusão

É uma novela muito gostosa de assistir por conter cenas engraçadas e ter muitas subtramas suavizadas com essa comédia. O personagem do Fernando foi com certeza o meu favorito, pois o ator foi muito engraçado e me cativou em suas cenas dramáticas. As conversas dele com o Omar sempre me fizeram rir, principalmente o bordão “que perceptível, que intuitivo” quando Omar falava algo óbvio.

Gostei de acompanhar a Letícia na primeira fase da novela, mas na segunda foi difícil. O vai e vem dela com o Aldo não caiu bem para mim, então sou team Fernando.

Não achei necessário a transformação de Aurora na reta final da novela, acredito que teria sido mais interessante ter ocorrido ao longo da novela. Mudanças pequenas que demarcam as pequenas transformações que Letícia sofre.

O personagem do Aldo me cativou nos primeiros episódios em que apareceu, mas depois que ele foi pra Conceptos ficou muito chato e agradeci por estar acompanhando cenas do casal principal e por isso várias cenas dele devem ter sido cortadas.

Links externos

Novela com clichê de garota feia que se apaixona por popular – Little thing called first love

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sobre a autora

Alis Green

Uma bruxa escritora que é viciada em animes. Adora estudar sobre mitologias e história, como também gosta de ler romances regenciais. Quando aprende alguma coisa nova, sempre passa à frente em seus posts.

Leia sobre esses artigos