Five Night’s at Freddys #2

fnaf 2

Faz tempo que fiz o post sobre o primeiro jogo dessa franquia, caso queiram ler clique aqui. Agora é hora de avançarmos para o segundo jogo, onde temos mais história e mais animatrônicos para conhecermos.


Sobre o jogo

  O segundo jogo não chega a ser tão diferente do anterior. Você foi contratado para ser o vigia noturno para vigiar a pizzaria por cinco noites, da 00h até as 06h da manhã. E assim como o anterior, você terá uma sala própria para fazer o seu trabalho.

  Mas coisas mudaram.

  Sua sala agora é bem maior e não contém portas. Em suas laterais haverá duas entradas de ventilação e á sua frente uma abertura para um corredor. Terá de se preocupar apenas com a energia da sua lanterna.

  Os animatrônicos poderão vir dessas entradas laterais e do corredor a sua frente, que é completamente escuro. Então para alguns terá de jogar a luz para afugentá-los, enquanto para outros você terá de usar uma máscara de Freddy para fingir ser um animatrônico.

   Além de se preocupar com os animatrônicos que estarão andando em sua volta, há ainda de verificar as câmeras. Há uma sala em específico que precisa de atenção, que a sala do puppet. Nele, haverá uma caixa de música tocando o tempo todo que quando acabar poderá levar um jumpscare do puppet. Para evitar o fim do jogo, é essencial rebobinar essa caixa de música antes que ela termine.

   Caso você perca o jogo, haverá mini games que contarão indiretamente sobre a história do jogo. Quer você ganhe ou perca nesses mini games, irá retornar para o jogo principal e iniciar sua noite.

   Assim como anterior, você poderá ter a sexta noite e os nightmares, que são as fases extras onde o nível de dificuldade é bem maior do que a quinta noite.

   O que dificulta ainda mais o jogo é a questão de haver, no total, 10 animatrônicos. No primeiro haviam 5 ao todo, e agora o dobro. Então sim, temos animatrônicos novos e mais os antigos – que estão com um visual bem diferente. 

Resultado de imagem para fnaf 2 GIF gameplay

A história do segundo jogo

Phone Guy

  Tudo bem, vamos ao que interessa. Nesse segundo jogo temos um pouco mais de detalhes sobre a história que engloba toda a franquia. Porém não vamos nos esquecer que cada jogo conta uma história própria, que somada resulta nessa global. Complexo? Mas em breve entenderão.

   Não pense que o jogo acontece no ano seguinte que o primeiro. Segundo os detalhes que aparecem no final do jogo, dá a entender que esse se passa no ano de 1987, ano que ocorreu aquela mordida mencionada no primeiro jogo.

   O phone guy está de volta lhe deixando mensagens sobre a nova e melhorada Fazbear. Ele pede para que você esqueça os rumores sobre o restaurante e que depois de ter sido “largada”, optaram por retornar ao publico. Até mesmo criaram novos animatrônicos, que tem reconhecimento facial ligado ao banco de dados da polícia sobre a lista de criminosos e procurados.

   Não apenas para contar essa novidade, o Phone Guy também fala que o jogador é o segundo vigia a trabalhar no restaurante. O primeiro cumpriu sua semana, porém reclamou que os animatrônicos tentaram entrar no escritório por ficarem andando durante a noite.

  Claro que a empresa responde que isso é ilógico, que no máximo os animatrônicos vão entender que estão no lugar errado por todo o ambiente estar silencioso. Assim, eles saem em busca de movimento e barulho/seu escritório.

   Outra mensagem que o Phone Guy deixa de importante vem por volta da 4ª noite, onde ele conta que há uma investigação em curso e que o vigia deveria evitar fazer contato visual com os animatrônicos. Isso porque há a possibilidade de alguém ter adulterado o sistema dos robôs, o que justificaria o comportamento agressivo deles principalmente com adultos.

  Na quinta noite, ficamos sabemos que o prédio está interditado e o vigia deve garantir que nada entre ou saia. Além disso, é dito sobre o cargo de vigia diurno ter ficado disponível…de repente. Também descobrimos que o nome original de um dos primeiros restaurantes é “Fredbear Family Diner“.

  Na sexta noite – creio que seja a noite extra – o Phone Guy retorna e diz sobre alguém ter usado um dos trajes dos animatrônicos, mais especificamente uma de cor amarelada. Por conta disso, nenhum dos demais animatrônicos passou a agir de maneira correta. De qualquer forma, o prédio estava fechado.

   A ligação é encerrada com o Phone Guy dizendo que no dia seguinte haverá um aniversário, que o jogador deve ficar durante esse evento para garantir que nada saia do controle. Também é dito que o Phone Guy, provavelmente, passará a ser o vigia noturno. 

Imagem relacionada

Os mini games

  Os mini games são do estilo watari, que seria o jogo especifico do ano de 87. Titio Scott pensa em tudo, fato. A questão é que os mini games surgem quando você leva jumpscare ou então passa de noite, e revelam partes da história.

  Em um deles (o do gif acima), você estará jogando com o Freddy, tentando levar bolo para as crianças do restaurante. Perceba que há uma criança sobrando em cima. Dá a entender que ela está no lado de fora do restaurante, chorando, por não poder entrar. Ela foi trancada para fora do restaurante.

  Tão breve um carro roxo surge, assim como uma figura misteriosa que também é representada pela cor roxa. Essa pessoa se aproxima da criança e a representação da criança tem os olhos aumentados e mais lágrimas, para então ficar cinza. O homem roxo entra no carro e sai de cena.

  Essa seria a representação do assassinato de uma das crianças. O homem de roxo – como ficou conhecido pelos fãs dos jogos – é o assassino que vem sido discutido desde o primeiro jogo. É usado essa cor para representá-lo, pois se trata de uma sombra, mantendo sua identidade um mistério.

   O mini game é fechado quando você leva o jumpscare do puppet. O mini game fez os teoristas pensarem que se trata do primeiro assassinato, por conta do restaurante ser bem pequeno – Podendo ser aquele que o Phone Guy comentou anteriormente. Sendo assim, puppet foi o primeiro animatrônico a surgir.

   Já um outro mini game chamado “save them”, você está com o puppet colocando máscaras em quatro “crianças mortas”. O que chama a atenção é que há o jumpscare do Golden Freddy, onde – como um ninja – podemos ver uma quinta criança sentada ao centro do mini game.

    Em um terceiro mini game, joga-se com o Foxy que sai para encontrar crianças. Há um momento em que logo na primeira tela encontramos aquele homem de roxo sorrindo. Quando seguimos até as crianças, elas estão acinzentada, sendo essa a analogia de morte. Exatamente cinco crianças mortas.

   Há também outro minigame em que controla o Freddy e caminha pelo restaurante do segundo jogo seguindo o puppet. Dado um momento, o homem de roxo também aparece. 

Resultado de imagem para fnaf 2 GIF gameplay

Conclusão

  No segundo jogo entendemos que houve uma primeira vítima no primeiro restaurante chamado Fazbear Family Diner. Possivelmente essa criança vem a se tornar puppet, sendo aquela que dá vida aos outros animatrônicos na medida que demais restaurantes são abertos e mais crianças são mortas.

   Conhecemos o homem de roxo que é o assassino dessas crianças. Segundo o Phone Guy, alguém teria usado a fantasia dos animatrônicos para cometer os crimes. Porém, sua identidade é ainda um segredo assim como seus motivos.

   O segundo jogo se passa no ano que ocorreu uma mordida, e somente anos depois temos os ocorridos do primeiro jogo. 

Fontes

O terror de Five Nights at Freddy’s 2! – Core das antigas.

Todas as mensagens do Phone Guy de FNAF 1 e 2 legendados em PT BR – StormSeiker

Game Theory: FNAF 2, A história mais assustadora dos games resolvida! – The Game Theorists

Como não jogar Five Nights at Freddy’s 2; COm BRKsEDU e Leon! – Controle Dois

Amino Apps de FNAF – A história de FNAF 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia sobre esses artigos