Elemento fogo: o sul da bruxaria
Astrologia Bruxaria

Elemento fogo: o sul da bruxaria

O elemento fogo é o terceiro á ser estudado. Regendo os signos de Áries, Leão e Sagitário e ocupando o quadrante sul do seu altar mágico, ele é representado pelas cores quentes como vermelho, amarelo, laranja e dourado.

Assim como é esperado, o fogo nos remete ao calor intenso que ele emana á ponto de nos queimar quando nos aproximamos demais. Seu maior simbolo é o pico do verão, onde o período do dia dura mais que a noite, e o sol se encontra majestoso.

Eu sou o Fogo ao seu redor Eu sou a centelha da vida dentro de você Eu sou a chama queimando em você Eu sou tudo o que sou! Abbi Spinner


Leia também: Signos do zodíaco


Correspondências do fogo

Direção: Sul

Energia: Projetiva, masculina

Trabalho ritual: Energia, espírito, calor, chama, sangue, vigor, vida, vontade, cura, destruição, purificação, fogueiras, lareiras, velas, sol, erupções, explosões, liberdade, mudança, visão, percepção, visão interior, iluminação, aprendizagem, amor, paixão, sexualidade, autoridade, a vontade de ousar, criatividade, lealdade, força, transformação, proteção, coragem, eu superior, sucesso, refinamento, as artes, evolução, fé, exercícios físicos, consciência corporal, vitalidade, autoconhecimento, poder.

Lugares: Desertos, fontes termais, vulcões, fornos, lareiras, quarto de dormir (devido ao sexo), saunas, campos de atletismo, academias de ginástica.

Formas rituais: Queimar, passar na fumaça ou derreter um objeto, erva ou imagem, velas e pequenas fogueiras.

Natureza Básica: Purificar, destruir, limpador, energizar, sexualizar, fortalecer. O calor é a manifestação deste elemento.

Fase da Vida: Juventude

Tipos de magia: Vela, tempestade, tempo e estrela.

Tempo: Meio-dia.

Ferramentas: bastão, lamparina ou velas, ervas ou papéis queimados.

Sentido: Visão

Pedras: Opala de Fogo, jaspe, pedras vulcânicas, cristais de quartzo, rubi, cornalina, rodocrosita, ágata.

Metais: Ouro, latão.

Incensos: Olíbano, Canela, Junípero.

Plantas e árvores: Alho, hibisco, mostarda, urtiga, cebola, pimenta vermelha, canela, plantas espinhentas, buganvília, cactos, grãos de café, amendoeira em flor.

Animais: Dragões, leões, cavalos, cobras, grilos, louva-deus, besouros, abelhas, centopeias, escorpiões, tubarões, fênix, coiotes, raposas.

Deusas: Brigit, Sunna, Vesta, Pele, Héstia.

Deuses: Agni, Horus, Hefesto, Vulcano, Prometeu, Lugh.

A simbologia do fogo

Esse elemento carrega uma simbologia muito forte, pois ele se encontra em diversos objetos e lugares que nos cercam. Quando vemos luz, calor, sentimos raiva e paixão. Até mesmo as cores quentes nos remetem ao elemento, assim como a estação do verão.

Um dos significados que o fogo trás para nós é a transformação. Usemos a fênix como um exemplo, aquela que renasce de suas próprias cinzas. Essa é uma ave que é atrelada ao elemento fogo, que passa por uma transformação do velho para o novo quando queimada pelas chamas.

Se olharmos para os animais que correspondem ao elemento, encontramos aqueles que cospem fogo, que são majestosos e líderes, que demonstram força e agilidade. Apesar de parecerem tão diferentes, é notável quando ligamos ao fogo, que se move, transforma, libera energia e é ligado á ação.

Quando sentimos raiva é sinal de que o elemento fogo está agindo em nós. Ficamos quentes, nosso sangue corre mais rápido procurando uma maneira de mover o corpo em direção de uma ação. Tal ação irá nos levar á sair de um momento desagradável e ruim. Ou seja, sentimos o fogo é ligado á emoção da raiva, que sentimos quando precisamos de uma ação potencial para sair do que nos desagrada.

Dentro da bruxaria, o fogo é usado para queimar algo como ervas, pedidos, imagens, para que o nosso pedido e intenção sejam transformados. Dependendo da prática, o sexo também é visto como um ritual de fogo.

O elemento fogo na astrologia

Dentro da astrologia, o significado do fogo não foge do que foi dito anteriormente. Considerado seco e quente, temos a expansão, calor, luz, coragem, vontade ou energia. No entanto, o fogo não trás somente essas características tão forte, através dele trabalhamos a espiritualidade, lucidez e purificação da alma. Podemos dizer, de forma resumida, que o fogo é desperta o criativo.

O signo de Áries trás a competitividade, aquele que seja ser o primeiro e fazer tudo de imediato, principalmente se estamos falando de quem é melhor em alguma coisa. Por ser sedento em vitórias, o ariano não teme os desafios, na verdade, ele os busca com ferocidade. Tudo para garantir que dará início á algo, que ele é e faz algo.

Outro signo que carrega o fogo consigo é o Leão, que também quer ser o melhor, porém ele irá trabalhar isso através de sua autoridade. Gosta de ser independente, principalmente por ver a vida de forma otimista. Toda sua reflexão irá torná-lo o centro das atenções, o sol que tem os planetas girando em sua órbita por conta da gravidade que os puxa. Esse é o calor que o fogo age nesse signo.

Já o terceiro signo é Sagitário, que costuma ser exagerado e entusiasmado por desejar aventuras e se tornar a pessoa mais sábia. Diferente dos demais, ele busca o conhecimento (que em muitas mitologias, é retratado como o Sol) e se entrega para tal objetivo. Afinal de contas, é dessa forma que irá se desenvolver e sentirá mais vontade de conhecer algo.

Percebe como todos eles estão em constante movimento? Dificilmente vão querer permanecer quietos. Além disso, eles buscam a ascensão de alguma maneira, elevar a si mesmo sendo essa a energia Yang de suas qualidades.

Excesso do elemento no mapa astral

Como é esperado de alguém que tem excesso do elemento fogo, eles demonstram comportamentos energéticos, entusiastas, hiperativos. É como se houvesse a paixão de viver, se aventurando pelo mundo, procurando por romances, perseguir seus desejos de forma fervorosa.

Dependendo da situação, essa pessoa irá usar outros em sua volta para atingir dos objetivos que tanto deseja. Não por maldade, mas por estar cego diante do desafio que se abre para si.

Podem ser pessoas irritáveis também, chegando á ser coléricos, violentos e obsessivos.

A falta de água no mapa astral pode ser um sinal sobre o excesso do fogo, apesar de não ser sua causa, de fato. No caso a água dá aquela acalmada, e nos faz pensar em nossas emoções, coisa que excesso de fogo não se encontra com facilidade.

Para trabalhar o excesso é interessante atividades com o elemento ar. Parar e respirar é essencial para ter clareza das coisas, evitando os comportamentos impulsivos. É recomendado a prática de meditação em ambientes arejados, e atividades que requerem mais calma e atenção como a pintura.

Também é recomendado o uso de cores frias e alimentos refrescantes. Aproveite para nadar e entrar em contato com o elemento água. Para cristais e pedras, são recomendados: granada verde, aventurina, calcita verde, água-marinha, esmeralda e malaquita.

Faltas do elemento no mapa astral

Se não há fogo, não há movimento. Pessoas que são tristonhas, pessimistas, que não sentem vontade de se mover e buscar algo novo, temem encarar os desafios podem ser sinal de que há falta do fogo. Como um exemplo, a pessoa pode evitar contato com outras pessoas, apenas para não ser arrastado á atividades fora de sua zona de conforto.

Na maior parte das situações, tais pessoas precisam do estímulo externo para saírem dessa inércia e partirem para a ação. Dificilmente serão pessoas que desejam liderar um grupo, preferem seguirem os outros para não sentir a responsabilidade caindo sobre seus ombros.

Então temos uma pessoa que não sente tanta alegria de viver, é desanimada, não tem coragem para iniciar novos projetos, é introspectivo e introvertido. Quando há uma situação que não gosta, ele não irá falar e resolver, mas ficará remoendo aquilo.

Para trazer o elemento fogo de volta á vida, é preciso que a pessoa encontre algo que seja do seu interesse. Tendo algo ou alguém que a motive á ponto de mudar a si mesma, evitando ao máximo deixar-se ser levado pelos outros. Atividades físicas são ótima pedida, assim como atividades no sol.

Alimentos com condimentos picantes como a pimenta e canela também podem ser usados para restaurar o elemento. Chás de gengibre e hortelã-pimenta também ajudam a estimular a digestão. As roupas devem ser de cores quentes como vermelha e laranja. Caso queira pedras e cristais perto de si, as recomendadas são: cornalina, rubi, jaspe e topázio.

O elemento fogo em nossa fisiologia

Aqueles que tem excesso apresentam face vermelha, calor excessivo, comportamentos eufóricos e hiperativos, além da irritabilidade fácil. A vida sexual da pessoa também pode ser agitada demais, trazendo algum tipo de problema para as genitais.

O excesso também irá atingir o fígado e o estômago, gerando gastrites, hepatites, azia, úlcera e demais outros problemas de saúde. Outro órgão que sofre é o coração, por esses momento de máxima euforia ou raiva fazem acelerar os batimentos cardíacos. Sendo assim, corre o risco de problemas cardíacos.

Já na falta do elemento temos a falta de líbido, e até mesmo as pernas podem ficar fracas pela falta de energia de se manter em pé. Sua digestão se torna lenta e difícil, e a pessoa passa a comer pouco e sentir cheia com facilidade. Podem ter extrema sonolência, chegando á dormir por horas á fio, e corre o risco de desenvolver depressão.

Outra característica da falta do fogo são partes do corpos, como pés e mãos, serem rijos e frios. Sinal de que a circulação não está chegando ás extremidades.

Elemental do fogo

O espírito do fogo que vive no éter espiritual do fogo são chamadas de Salamandras. Sem elas, o fogo não existe, e o homem é incapaz de se comunicar com as Salamandras, pois tudo aquilo que se aproxima delas, torna-se cinzas. São responsáveis pela iluminação, calor, explosões, e até mesmo as encontramos nos vulcões.

Tal elemental pode ser vista como bolas ou língua de fogo que correm nos campos ou irrompendo casas, sendo popularmente conhecido como fogo-santelmo. Já outros bruxos afirmam que as Salamandras são gigantes, de figuras imponentes e flamejantes, usando uma armadura de fogo.

O líder das Salamandras são conhecidos como Djim, que seria um espírito flamejante terrível e aterrorizante no que condiz sua aparência.

No homem e nos animais, elas tem influência por aqueles que tem comportamentos tempestuosos. E não é para menos, uma vez que elas trabalham o emocional a partir do calor do corpo (fígado e o sangue). Também é dito que as atividades desse elemental é intensa no subsolo e na mente.

Quando nascemos, uma Salamandra é designada para nós. Em toda a nossa vida, elas acompanham o funcionamento do nosso físico, cuidando de nossa circulação sanguínea para manter a boa saúde do corpo. Quando temos o corpo mais gélido, com um metabolismo lento, significa que a Salamandra pode estar mais relaxada. Agora, se o corpo está quente, com metabolismo acelerado, elas estão em constante agitação.

Tal elemental também nos auxilia no campo espiritual. Ajudando no desenvolvimento da vontade própria, autoestima, mantendo nossas aspirações em alta. Quando nos conectamos com o espírito, entramos em contado com elas, tendo uma força maior para nossa vida. Inclusive, á desvendar os mistérios do fogo.

Fontes

As plantas e os planetas – Ana Bandeira Carvalho

A astrologia da Mãe-Terra – Marcia Starck

O livro das sombras – Alquimia de caldeirão

Magia natural – Scott Cunningham

Diário mágico de uma bruxa

Astrolink – Elemento Terra

Arquivo doc sobre os elementos e elementais

Veja outros assuntos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.