Mitos de Afrodite

Mitos de Afrodite

Já conhecemos o início do universo segundo a mitologia grega, também já vimos como que Zeus acabou se tornando a maior divindade do Olimpo.

Agora é hora de conhecer a história dos outros deuses que compõem o Olimpo. Começaremos por ela, a divindade que remete ao amor, sensualidade e beleza. 


Duas versões de seu nascimento

  Se você acompanha as postagens sobre mitologias aqui no blog, já deve ter percebido que há duas versões bem diferentes sobre o nascimento de Afrodite. A primeira é a de que: quando Cronos castrou Urano, seu esperma caiu no mar, e a partir das espumas nascera Afrodite; Já outra versão conta que a deusa é filha de Zeus com uma titã chamada Dione.

   Não sei dizer qual das duas versões é a mais aceita, já que cada lugar diz que é uma ou outra.

   À nível de curiosidade, há uma pintura muita famosa do artista Botticelli chamada “O nascimento de Vênus”. Nesse caso a pintura se remete a versão de que Afrodite é filha de Urano e Gaia. 

Vênus de Botticelli

A deusa se casa

   Para os curiosos, Hefesto é filho de Hera que parece ter nascido com deficiências. Hera jogou a criatura do alto dos céus, sendo salvo pela Terra. Ele crescera e se tornara um grande e experiente ferreiro, cheio de anseios por vinganças. Hefesto construiu um trono de ouro e o amaldiçoou, podendo assim entregar ao Olimpo.

  Quando Hera se sentou no trono, não conseguiu mais levantar. Zeus pediu ajuda aos deuses para que libertassem sua esposa, oferecendo a mão de Afrodite. A deusa do amor esperava que Ares conseguisse levar Hefesto até Hera e acabar com a situação toda. Assim os dois iriam se casar. Contudo, Ares não conseguiu cumprir com a tarefa.

  Dionísio, então, sugeriu para Hefesto que ele próprio fosse ao Olimpo para tirar sua mãe do trono, e que tomasse a mão de Afrodite para si. Foi o que Hefesto fez.   Mesmo sendo contra a própria vontade, Afrodite se casou com Hefesto mantendo casos extraconjugais com Ares.

   Hefesto ficou tão bravo com as traições de sua esposa, que traçou uma armadilha para pegar Afrodite e Ares no pulo. Criando uma malha inquebrável conseguiu pegar ambos na cama, e os expôs para todo o Olimpo. Tudo ocasionou em risadas dos deuses diante da cena de dois amantes completamente nus. 

Uma deusa infiel

  Se pensarmos que Afrodite é filha de Zeus, então ela herdou um traço bem peculiar de seu pai. A deusa é conhecida por ter se casado, porém ela gostava de manter relacionamentos e casos fora do casamento.

   Um de seus relacionamentos fora com o deus Ares – a divindade da guerra. Dizem que Afrodite era bem apaixonada por ele antes de se casar com Hefesto, e mesmo casada ficou com Ares por um bom tempo.

    Algumas fontes contam que após o casamento com Hefesto ter terminado, Afrodite chegou a se casar com Ares. Mesmo sendo dito que o deus era seu grande amor, a deusa continuou tendo casos com outros homens.

   A deusa da sexualidade chegou a ter um caso com um mortal chamado Adônis, fruto de uma relação incestuosa. O mito conta que fora a própria Afrodite que amaldiçoou a mãe de Adônis a se relacionar com o próprio pai. Só que quando o pai de Adônis descobriu, queria matar a própria filha. O arrependimento chegou para Afrodite que transformou a moça em uma árvore de Mirra, e levou a sua criança – Adônis – para Perséfone.

   A rainha do submundo ficou tão encantada com a beleza da criança, que nem queria devolvê-lo á Afrodite. Foi necessário a intervenção de Zeus para que ambas pudessem vê-lo. Essa seria uma outra versão sobre as estações do ano.

   Acontece que Afrodite se apaixonou perdidamente por Adônis, tendo o caso perdurado por longos tempos.

   O que chama a atenção é o fato de Afrodite ter tido filho com seus amantes, são eles:  

  • Com Ares, os filhos gerados por Afrodite foram: Eros (deus da paixão e do amor), Anteros (deus da ordem), Deimos (deus do terror), Harmonia (deusa da concórdia) e Fobos (deus do temor).
  • Com Hermes, a deusa grega teve um filho chamado de Hermafrodito (junção dos nomes do casal).
  • Com o deus Dionísio, Afrodite teve um filho chamado de Príapo (deus da fertilidade).
  • Com Poseidon, Afrodite gerou Rodes (deusa da ilha de Rhodes).
  • Com Adônis, Afrodite teve uma filha chamada Beroe.
  • Com Apolo, a deusa teve Himeneu (deus do casamento).

Guerra de Troia 

  Em alguns achados, a guerra de Troia teria ocorrido por conta do rapto de Helena. Outros contam que foi por causa de Afrodite que tudo aconteceu.

   O inicio de tudo fora da seguinte maneira: O rei de Tessália, Peleus e a ninfa Thetis se casaram, os deuses foram convidados com exceção de Éris, que é a deusa da discórdia. Éris teria ficado tão furiosa que resolveu criar uma discórdia naquele casamento. Para isso, colocou uma maçã de ouro no banquete com uma nota que dizia “para a mais bela de todas”.

   Três deusas começaram a brigar para ter a dita da maçã: Hera, Afrodite e Athena. A bagunça fora tão grande que Zeus interveio e queria decidir quem iria merecer a maçã dourada. O homem mais belo fora escolhido para tomar tal decisão, Paris.

   Com o homem escolhido, as três deusas começaram a suborná-lo para que fossem escolhidas. Hera ofereceu riquezas, Athena sabedoria e habilidades, e Afrodite o amor da mais bela mulher, que seria capaz de gerar inveja nos irmãos de Paris.

   Paris ficou tão ludibriado com a proposta de Afrodite, que a escolheu como a mais de todas, gerando fúria em Athena e Hera.

  Depois que um tempo passou, Paris ficou impaciente de esperar por sua noiva, e partiu seguindo os ventos ao lado de Eneias – filho de Afrodite. Acabaram por chegar em Esparta, sendo recebidos pelo rei e rainha Menelau e Helena – meia irmã de Afrodite, e a mais bela moça.

   O rei de Esparta teve de se ausentar por motivos familiares, deixando sua esposa sozinha com os convidados. Afrodite teria encantando Helena para que acreditasse que Paris era seu marido. Assim, Paris voltou para Troia com Helena.

   Já devem imaginar o que aconteceu, certo? Meneleu ficou sabendo que sua esposa fora levada, e logo foi declarado guerra. Vários reis gregos ficaram ao lado de Meneleu, inclusive a deusa Hera. Enquanto Afrodite ficou ao lado de Paris. A guerra perdurou por 10 anos e destruiu completamente Troia. 

Concluindo

  A deusa Afrodite, do amor, beleza e sexo, não queria que ninguém tivesse a mesma beleza que ela. Deveria ser a considerada a mais bela de todas, chegando a amaldiçoar aquelas que fossem consideradas como tal. Foi o caso de Psiquê e Perséfone.

   O que acharam de conhecer algumas histórias da deusa?

   Espero que tenham gostado e até o próximo post!


Fontes

Mitologia Online – Afrodite: deusa grega do do amor e da beleza (vênus)

Hipercultura – Descubra os mitos de Afrodite, a deusa grega do amor e da beleza | Será que foi Afrodite a responsável pela Guerra de Troia?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia sobre esses artigos
5 passos para iniciar a Bruxaria Natural Lista de leitura para Bruxinhos Iniciantes Como começar na Bruxaria Natural