Planetas na astrologia: introdução breve
Astrologia Caminho da Lua

Planetas na astrologia: introdução breve

Depois de termos conhecido os signos e as casas astrológicas, chegou o momento de estudarmos os planetas e suas energias.

Apesar do Sol e a Lua serem considerado luminares, dentro da astrologia eles são chamados de planetas com o fim de facilitar a compreensão das pessoas. Se tivessem nomes diferentes, poderiam passar a impressão de que seu papel é diferente dos planetas.

Ao todo, trabalha-se com 10 planetas: Sol, Lua, Vênus, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno, Plutão e Mercúrio. Segundo Marion March e Joan McEvers, os planetas são considerados a partir da ordem de sua velocidade. Essa velocidade é do ciclo que cada um deles tem em volta do sol, com exceção da Lua, pois sua órbita se encontra em nosso planeta.

“Lua Leva 28 dias para completar um ciclo.
Mercúrio Leva 88 dias para completar uma órbita em torno do Sol.
Vênus Leva 224 dias e meio para uma órbita em torno do Sol.
Marte Leva 22 meses (quase dois anos) para completar um ciclo do zodíaco.
Júpiter Leva cerca de 12 anos para um ciclo (mais ou menos um signo por ano).
Saturno Leva de 28 a 30 anos para um ciclo
Urano Leva 84 anos para um ciclo
Netuno Leva 165 anos para um ciclo
Plutão Leva 248 anos para um ciclo (estimativa)”.

A relação dos planetas com os signos

Quando você ver o seu mapa astral, pode ser que se depare com as palavras “dignidade, detrimento, queda e exaltação“. Isso se dá pela relação dos planetas com os signos. Há planetas que não conseguem exercer sua potência em determinados signos, enquanto outros podem ter sua potencia ampliada.

PLANETADIGNIDADEDETRIMENTOEXALTAÇÃOQUEDA
SolLeãoAquárioÁriesLibra
LuaCâncerCapricórnioTouroEscorpião
MarteÁriesLibraCapricórnioCâncer
VênusTouro & LibraEscorpião & ÁriesPeixesVirgem
JúpiterSagitárioGêmeosCâncerCapricórnio
MercúrioGêmeos & VirgemSagitário & PeixesAquárioLeão
SaturnoCapricórnioCâncerLibraÁries
UranoAquárioLeãoEscorpiãoTouro
NetunoPeixesVirgem
PlutãoEscorpiãoTouro
Tabela de dignidades de cada planeta

Introdução aos planetas

Muito bem, chegamos ao que interessa. Aqui iremos conhecer brevemente os planetas e suas energias potenciais. No entanto, quero avisar que os planetas não trabalham sozinhos, eles irão influenciar a casa e o signo que se encontra próximo á ele.

Sendo assim, dependendo de quem o acompanhar pode ser que sua energia não seja exercida devidamente. Por conta disso, irei fazer uma nova série de postagens falando sobre cada planeta em cada casa e em cada signo. Como ele irá se relacionar com esses doze aspectos.

Por ora, vamos conhecê-los singularmente.

Lua

Signo regente: Câncer

Signo de exaltação: Touro

Detrimento: Capricórnio

Queda: Escorpião

Representatividade: Necessidade de proteção familiar

Palavra-chave: emoções

Anatomia: peito, estômago, equilíbrio dos fluidos corporais, digestão, secreções glandulares, olho esquerdo do homem e o direito da mulher.

É considerado de suma importância por conta de sua velocidade e proximidade com o nosso planeta. Representando o feminino, como a mãe, esposa, irmãs, mulheres em geral. Em algumas culturas é chamada de Avó-Lua.

O principal motivo dele ser um planeta que trabalha com a segurança, é aquele colo maternal que ela oferece. Nos sentimos seguro no âmbito familiar, em específico a conexão da mãe (figura feminina).

Seu trabalho envolve o inconsciente, aquilo que não é possível de ver a menos que tenha coragem de se olhar. Temos os instintos, humores, fases, receptividades, flutuações, emoções, padrões de hábitos, e entre outras características.

A Lua governa nossos interesses pessoais, sejam eles desejos, necessidades, magnetismo, crescimento, fertilidade. Ou seja, aquilo que atraímos para nós mesmos, seja por necessidade de contato, impressionabilidade ou consciência.

Mercúrio

Signo regente: Gêmeos & Virgem

Signo de exaltação: Aquário

Detrimento: Sagitário & Peixes

Queda: Leão

Representatividade: Necessidade intelectual, forma de expressão

Palavra-chave: Capacidade de raciocínio

Anatomia: Braços, regente geral de todos os hormônios

Mercúrio, Hermes da mitologia Grega, rege a razão, comunicação, intelecto, percepção, destreza, razão, transmissão, palavras, opiniões e percepções sensoriais. Além de abordar a questão do pensamento e conhecimento, esse planeta também é responsável por serviços de escritório (secretárias, contabilidade, cartas, serviço postal, etc.).

A relação que temos com irmãos e irmãs, crianças e vizinhos também são de sua responsabilidade. Afinal de contas, é a comunicação que gera essa relação.

Podemos dizer que Mercúrio irá nos mostrar onde e como nos comunicamos melhor.

Vênus

Signo regente: Touro & Libra

Signo de exaltação: Peixes

Detrimento: Escorpião & Áries

Queda: Virgem

Representatividade: Necessidade social, senso de valores

Palavra-chave: Afeição

Anatomia: Pescoço, queixo, bochechas, paladar, rins, órgãos internos de reprodução, circulação do sangue venoso, órgãos sensoriais da pele.

Considerado o planeta do amor (vide Afrodite), rege a arte, cultura, estética, posses, parceiros, beleza, charme, bom gosto, sentimentalismo, harmonia, jóias, canto, drama, música. Tudo o que exala uma aura de beleza e charme pode apostar que pertence á esse planeta.

Quando se trata da ação de Vênus, esperamos algo suave e harmonioso. E assim como esperado, as relações amorosas e afetuosas são dela. No entanto, não estamos falando do sexo, e sim do amor e sensualidade. Então iremos aprender do quê realmente gostamos.

Sol

Signo regente: Leão

Signo de exaltação: Áries

Detrimento: Aquário

Queda: Libra

Representatividade: O impulso de poder, personalidade, ego

Palavra-chave: Ser interior

Anatomia: Coração, parte superior das costas, baço, sistema circulatório, esperma, olho direito do homem, olho esquerdo da mulher.

O famoso rei da selva, é a melhor analogia para explicarmos sobre o Sol. É a forma que o individuo se expressa, mostrando qualidades de liderança e sucesso. Tem uma representação masculina, assim como a Lua é feminina, então rege o pai, marido, os homens em geral.

Rege a saúde, autoridades como chefes, nobreza, alta administração, progresso, senso de identidade e capacidade de experiência. Onde o Sol estiver posicionado indica a vida e o coração do mapa astral, onde desejamos brilhar.

Marte

Signo regente: Áries

Signo de exaltação: Capricórnio

Detrimento: Libra

Queda: Câncer

Representatividade: Ação, impulso agressivo, iniciativa.

Palavra-chave: Energia

Anatomia: Sistema muscular, órgãos externos de reprodução, cabeça e rosto, glóbulos vermelhos, nervos motores, bexiga, glândulas supra-renais.

Uma curiosidade mega interessante sobre Marte, é que ele tem um co-regência. Além de reger o signo de Áries, ele também trabalha bem com o signo de Escorpião. Sendo assim, seu detrimento também ocorre em Touro.

Esse planeta lida com a natureza animal, desejo e energia sexual. Também trabalha com a ambição, força, poder, construção, trabalho, luta, competição e morte.

Lembre-se que Marte tem sua representação na mitologia grega, que é Ares, o Deus da guerra. Então tem relação com a cirurgia, armas, guerra, acidentes, inflamações, cortes, ferimentos, queimaduras, violência, ferro, aço.

Ou seja, a ação desse planeta mostra onde despendemos maior energia.

Júpiter

Signo regente: Sagitário

Signo de exaltação: Câncer

Detrimento: Gêmeos

Queda: Capricórnio

Representatividade: Impulso de benevolência e proteção

Palavra-chave: Expansão

Anatomia: Sangue arterial, fígado, coxas, quadris, pés, orelha direita, testa, glicogênio e tecidos gordurosos, pâncreas.

Da mesma forma que Marte, Júpiter tem uma co-regência: Peixes. No entanto, ele não têm detrimento em Virgem, somente em Gêmeos.

Esse planeta fala da riqueza, tempo de lazer, grandes negócios, mente superior, otimismo, altura, crescimento, moralidade, prosperidade e a indulgência.

Há uma relação com o pensamento superior que envolve a filosofia, educação superior.

Outra característica desse planeta é a saúde e o crescimento, boa sorte, amor pelos animais. No mapa astral, ele irá mostrar onde muitas vezes temos boa sorte e como gostamos de passar tempo durante o lazer.

Saturno

Signo regente: Capricórnio

Signo de exaltação: Libra

Detrimento: Capricórnio

Queda: Áries

Representatividade: Impulso de segurança e garantia

Palavra-chave: O mestre

Anatomia: Pele, sistema ósseo, ligamentos, joelhos, orelha direita, órgãos de audição, vesícula, glândula paratireoide proteína do corpo.

Semelhante á Júpiter, Saturno tem co-regente o signo de Aquário, e não tem detrimento em Leão.

Esse planeta fala da disciplina, responsabilidade, organização, ambição, capacidade para uma profissão. Apesar desse lado responsável, há também as limitações, tristezas e a demora.

Podemos dizer que Saturno tem um quê com o envelhecimento. Regendo as pessoas velhas, tem a paciência, senso de tempo, sabedoria, amadurecimento. Isso porque sua ação é lenta e duradoura, então faz sentido ela trabalhar a demora e paciência pelo tempo.

No mapa astral ele irá nos mostrar onde nos sentimos menos seguros e tendemos a supercompensar.

Urano

Signo regente: Aquário

Signo de exaltação: Escorpião

Detrimento: Leão

Queda: Touro

Representatividade: Impulso de liberdade, “divino descontente”

Palavra-chave: O despertador

Anatomia: Sistema nervoso superior, eletricidade do corpo, tornozelos.

É um planeta que rege invenções, originalidade, a ciência em si, mágica, luz, astrologia, psicologia, aviões e a compreensão das leis da natureza.

A ação desse planeta costuma ser súbita e inesperada, sendo que algumas vezes é violenta. Costuma sair das tradições para despertar o que é criativo, a vontade de criar e mudar. Há alguns astrólogos que ligam Urano aos desastres naturais também.

No mapa astral, Urano irá nos dizer onde tendemos fazer o que é fora do comum.

Netuno

Signo regente: Peixes

Detrimento: Virgem

Representatividade: Impulso espiritual ou escapista

Palavra-chave: A intuição

Anatomia: Espinha dorsal, fibras nervosas, pés, glândula pineal, funções telepáticas, glóbulos brancos, funções cinestéticas.

Esse planeta não tem um signo de exaltação, logo não há queda. Ou, pelo menos, não fora estabelecida até então.

Ligado á um signo de água, e Netuno sendo ligado á Poseidon, então é esperado que ele trabalhe com assuntos marítimos, líquidos, música, cinema, teatro, sonhos. Além disso, a espiritualidade também é trabalhado por esse planeta. Os ideais, o misticismo, pressentimentos, aquilo que consideramos certo sem perguntar.

Outras características que Netuno rege são as drogas, alcoolismo, hipocondria, sonambulismo, transes, hipnoses, aquilo que é considero anormal.

No mapa astral, irá indicar onde temos tendência de enganar a nós mesmos e os outros. Também mostra onde procuramos o ideal.

Plutão

Signo regente: Escorpião

Detrimento: Touro

Representatividade: Impulso destruidor ou reformador, fusão

Palavra-chave: Transformação

Anatomia: Sistema excretor e reprodutivo, glândula pituitária, crescimentos anormais (verrugas, tumores, marcas de nascimento, etc.).

Plutão é ligado ao Deus grego Hades, que é o rei do submundo. Sendo assim, é esperado que esse planeta esteja ligado ao subterrânea, a aquilo que não pode ser visto, como o nosso inconsciente.

Governa, também, o desperdício, desaparecimento, sequestro, coerção, os lugares vazios. A ação de Plutão é lenta, grave e inevitável.

Plutão no mapa astral irá nos mostrar a complexidade, aquilo que precisamos parar e resolver sozinhos.

Conclusão

Essa foi uma breve introdução dos planetas, sem aprofundar muito neles. A partir do próximo post, iremos aprender sobre cada planeta, como ele atua nas casas e interage com os signos.

A maior parte das informações que contém nesse post, foram tirados de um curso básico de astrologia da autoria de Marion March e Joan McEVERS.

Veja outros assuntos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.