Acúmulo de coisas em sua casa precisa ser evitado
Lifestyle

Acúmulo de coisas na sua casa devem ser evitados!

Sabe o que são pessoas acumuladoras? Caso acredite que sejam os casos extremos que aparecem na tv, só te digo que é a ponta do iceberg. Se você não aguenta ver uma parede sem decoração e já coloca um móvel nela, há risco de acúmulo de objetos desnecessários.

Quando você abarrota a casa de móveis e objetos de decoração, pode estar impedindo que a boa energia esteja fluindo por sua casa. Além disso, a poeira vai amar tanto lugar pra repousar, e quem tem alergia vai ter muito o que reclamar.

Como uma perfeita curitibana, tenho rinite alérgica e asma. O maior agente que me causa reações alérgicas, é o ácaro que é presente na poeira. Quando esqueço de limpar algo ou então quando tenho muitos móveis por perto de onde passo muito tempo (quarto e home office) fico exposta à esse agente.

Não tem outra, dia inteiro espirrando e tendo problemas pra respirar.


Leia também: Cuide de sua pele seca no inverno | Da adolescência á adulteza


Vamos entender como ter uma casa cheia pode nos atrapalhar?

Acúmulo de poeira e falta de limpeza

Quanto mais móveis e detalhes, menores são as chances de deixar tudo bem limpinho.

A menos que seja uma Mônica (Friends) da vida, que limparia cada cantinho da dobradiça da porta, desista de encher sua casa de coisa. É cansativo!

Basta se lembrar que terão dias que você vai estar cansada ou sem motivação alguma para limpar tão bem assim. Então esses detalhes acabam sendo ignorados, aumentando o acúmulo de poeira.

E posso dizer, por experiência, que deixar de limpar por alguns dias já é convite para aranhas fazerem suas teias. Bichinhos são ligeiros para entrar em casa, então se não quer lidar com eles limpe bem sua casa.

Claro que não estou te incentivando á fazer limpeza pesada todos os dias. Mas, pelo menos, uma vez ao mês você deve fazer essa faxina bem profunda. Agora todos os dias deve passar uma vassoura.

Mas o foco desse tópico é ter a noção de que haverá móveis e objetos que você não terá o hábito de limpar com frequência, e eles se tornarão o principal foco de bichos e poeira.

Tenha somente o essencial

Eu sei que é tentador ver os objetos de decoração na loja, e já imaginar ele todo lindo na sua casa.

Mas não dá pra comprar tudo.

Para a boa saúde da sua carteira, seja objetivo e compre aquilo que é necessário. Hoje em dia o ideal é ser minimalista, saber aproveitar os espaços de maneira inteligente e sem encher sua casa de coisa.

Chegamos ao ponto de pessoas conseguirem transformar uma escadaria em uma estante de livros. Outros já usam o sofá e o transforma em uma cama. É usar um móvel para multitarefas, digamos assim.

Só que o lema atual é justamente você ter aquilo que é necessário. Em nosso país, a maioria das casas e apartamentos são pequenos.

Objetos de capricho podem ser comprados em quantidade mínima, são eles:

  • Quadros e pinturas;
  • Almofadas;
  • Banquetas;
  • Cobertores;
  • Estátuas e obras de arte;
  • Tapetes.

Lembrando á vocês, que cobertas e tapetes não são recomendados para quem tem alergia á poeira!

Esses são apenas alguns objetos que consegui lembrar, e que são mais decorativos. Sendo assim, se for ter em casa evite comprar em grandes quantidades.

Até mesmo plantas devem ter cuidado. Se você mora em apartamento, por exemplo, faça uma pesquisa sobre o tipo de planta que é ideal de ter em apartamento. Afinal, algumas delas precisam de espaço grande para crescerem.

Aprenda a jogar fora e evite o acúmulo

Alguns objetos tem um valor sentimental, eu sei disso. Isso dificulta na hora de se desfazer de alguns objetos.

Ou então acaba guardando com o discurso “vai que no futuro a gente precise”. Quando o tempo passa, aquilo só fica ocupando espaço e nunca mais é utilizado.

Tente ter uma rotina semestral para fazer a limpa na sua casa. Tirar tudo do lugar, fazer uma separação do que pode ser vendido, doado, guardado e jogado fora. Ao se deparar com algo que te deixe em dúvida, reflita sobre o uso dele nos últimos 6 meses. Se não usou, passa pra frente, nada de guardar.

Dependendo do que está sendo guardando, principalmente tecnologia, eles podem ser vendidos ou trocados por algo novo.

Aquilo que já foi substituído também deve ser jogado fora.

Mas há também a oportunidade de reaproveitar um objeto. Dar uma nova finalidade, diferente da original. Por exemplo: usar cobertas velhas como colchonete para fazer exercício físico.

Conclusão

Evite o acúmulo de objetos e móveis que não são necessário para a sua casa. Isso pode afetar a saúde dos moradores, e principalmente evitar a circulação de boa energia por sua casa.

Não seja uma pessoa acumuladora, permita jogar fora, doar, trocar.

Veja outros assuntos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.