Bruxaria Caminho da Lua

Equilíbrio dos quatro elementos: jornada da Elsa

Jornada da elsa

Você já assistiu ao filme da Disney “Frozen 2”? Se sim, deve ter notado algo bem mágico nele. Nesse post irei te apresentar a ligação da jornada de Elsa aos cinco elementos.

Existem muitas pessoas que assistiram ao filme de maneira tão passiva, que deixou de perceber grandes elementos naturais em seu enredo.

Sim, temos muitos elementos dentro do filme que remetem ao básico conhecimento da magia natural. Estamos falando, é claro dos cinco elementos.

É claro que por se tratar de um filme para o público infantil, essas informações acabam se tornando mais lúdicas.

Mas chega de enrolação, vamos aos fatos.

Alerta de spoiler do filme ao longo do post!

Relembrando o primeiro filme

O primeiro filme já nos dá algumas informações sobre Elsa e sua missão de vida. Afinal de contas, ela é a única pessoa que tem poderes mágicos, não é mesmo?

Há todo o mistério em torno de onde esses poderes poderiam vir, e qual o intuito de os ter. Mas o que é trabalhado nesse filme, basicamente, é a aceitação deles.

Por ser a única com poderes, Elsa tem muita dificuldade de aceitar por ter medo do descontrole. É como se fosse um ciclo, o medo do desconhecido gera o descontrole dos poderes. Quanto mais descontrolado, maior o medo.

Como não há pessoas que pudessem ajudar Elsa em sua jornada, ela acaba tendo de fazê-lo sozinha. É nesse momento que ela foge.

Fugindo do medo de machucar as pessoas por aquilo que não é controlável, Elsa se percebe sozinha.

Sozinha, sem a responsabilidade em suas costas, consegue explorar seus poderes e aceitá-los. Nesse momento ganha confiança, e fica empoderada.

Mesmo sendo rainha e aceita pelo seu povo, a Elsa continua sendo uma pessoa incomodada. Há uma sensação de que algo não parece certo.

Tanto é que, o mínimo desconforto já a deixa preocupada. Vemos isso no início do segundo filme.

Partindo para a aventura

No segundo filme, Elsa ouve um canto carregado no vento. Logo percebe que somente ela escuta, e já começa sua preocupação de que algo vai acontecer.

A primeira música da personagem, em português, se chama intuição. Nela, Elsa até se mostra certeira em ignorar a voz secreta. Só que em seguida ela diz:

“Não sei dizer por que você me deixa assim e enquanto me chama eu me perco até de mim será que lá no fundo você queira me contar que, como eu, não achou o seu lugar? Cada dia é mais difícil meu poder me faz subir sinto um impulso que me faz seguir minha intuição”

Ou seja, toda a afirmação de que ela está no lugar onde deveria, de que está cumprindo sua missão de vida é substituída. Nunca existiu esse sentimento, na verdade. É como se fosse uma autoafirmação para se conformar daquilo que tem ali no momento.

Mas com a voz secreta, Elsa sente sua intuição lhe dizer para seguir essa nova jornada.

Os eventos na cidade ocorrem, os personagens são chamados para a aventura e partem para uma ilha.

Na medida em que o filme avança, Elsa conhece os quatro elementos e seus guardiões.

O elemento ar que é representado pelas folhas carregadas ao vento.

O elemento terra que é representado pelos gigantes de pedra.

O elemento fogo representado pela pequena salamandra.

O elemento água representado pelo cavalo.

Elementais no filme

Por incrível que pareça, muitas pessoas não perceberam o motivo de haver alguns elementais no filme.

Muitos não sabem, por exemplo, que as salamandras são elementais do fogo. Apesar de que na bruxaria, as salamandras não são répteis, tendo uma imagem semelhante ao ser humano.

Como dito anteriormente, esse filme é focado pro público infantil, então a salamandras reptilianas do senso comum se encaixam no mascote fofo dos filmes de princesa. Sendo assim, está certo a salamandras como répteis representar o elemento fogo.

Porém, e o cavalo? Que ligação que o cavalo poderia ter com o elemento água? Não faz sentido!

Faz. E como faz!

Dentro da mitologia grega, Poseidon usou a espuma do mar para criar cavalos e presentear os humanos com eles.

Assim sendo, Poseidon também é Deus dos cavalos. Alguns marinheiros chegavam a fazer sacrifícios do animal em nome de Poseidon para garantir uma boa navegação.

Conseguem ver o motivo de usarem o cavalo no filme para representar o elemento água? Justamente por conta de Poseidon, ou Netuno, da mitologia grego-romana.


Leia também: Mitos de Poseidon


Além disso, a simbologia do cavalo acaba sendo mais intenso. Ele é um psicopompo, um ser que guia a percepção humana entre diferentes mundos. Ou seja, ele seria um transportador do meu eu em diferentes planos da minha consciência.

Ficou confuso? Calma que vou explicar mais á seguir.

A união dos quatro elementos

Na medida em que Elsa interage com os elementos, vai avançando para chegar até a ilha misteriosa. Apesar que não houve muita interação dela com os gigantes de pedra. Mas com os demais, podemos ver que os elementais estão bem agitados, atacando Elsa.

Somente se acalmam quando ela se conecta com eles, individualmente.

O principal motivo de cada elemento ser mostrado individualmente, vem com o ganho de experiência na própria Elsa. Por exemplo, o elemento ar representa o conhecimento, a sabedoria. Quando Elsa conhece o elemento ar, ela também conhece os demais personagens do filme, inclusive a tribo da qual sua mãe fazia parte.

Ou seja, ela se torna consciente de que existe um grupo de pessoas que vive na montanha, e que são conectados á mãe-natureza.

No elemento fogo em algumas simbologias ele também representa a sabedoria e conhecimento, em outras representa a chama da vida, a ação, o movimento. Podemos entender que seria o momento em que Elsa parte para ir atrás da ilha misteriosa.

O último elemento que Elsa se conecta é a água. Elemento esse que rege nossas emoções e o inconsciente. Lembra da simbologia do cavalo dito anteriormente? Ele seria o guia de Elsa, para transitar do consciente ao inconsciente (no caso tratando-se de levá-la até a ilha misteriosa, que dificilmente as pessoas chegam).


Leia também: Lista de posts sobre os quatro elementos


O que podemos refletir sobre a Elsa

Outro ponto que chama a atenção nesse filme é que Elsa se torna um ser completo de si.

Lembra quando falei do primeiro filme, em que a personagem aceitou seus poderes, mas que ainda estava incomodada?

Controlar os poderes não é o suficiente para saber quem ela era, o motivo de ter os poderes, e qual o objetivo da vida em fazê-la nascer com eles.

É apenas um controle de seus dons.

O motivo disso é de ela não estar conectada aos elementos, em não estar em harmonia com a natureza. O desequilíbrio dos quatro elementos a tornava uma pessoa preocupada, receosa, e dependendo da situação, pessimista.

Quando falamos de autoconhecimento, inclusive, estamos falando justamente de olharmos para o nosso inconsciente (a sujeirinha debaixo do tapete) e encarar o que encontramos ali. Elsa o faz quando entra na gruta e descobre sobre sua mãe.

Ou seja, todo o processo de Elsa no segundo filme gira em torno da jornada do autoconhecimento. Uma vez descoberto, ela se percebe como quinto elemento.

Com a Elsa tornando-se consciente de quem ela é, os demais elementais e seus elementos encontram o equilíbrio.

Quando estamos em equilíbrio com os quatro elementos, conseguindo desenvolver o nosso Éter, o quinto elemento, o espírito.

Sendo assim, ter os quatro elementos em desequilíbrio, temos um Éter também desequilibrado. Motivo esse de Elsa ser tão preocupada até então.

Conclusão

O filme Frozen 2 trás os quatro elementos e a conexão com o natural para adquirirmos o equilíbrio do espírito, que é o quinto elemento. Quando conseguimos nos inteirar com cada elemento, nos desenvolvemos á ponto de estarmos preparados para o autoconhecimento.

Essa é uma premisa básica da bruxaria natural, tanto é que o pentagrama representa os cinco elementos.

De toda forma podemos aprender com o filme que conectar e buscar o equilíbrio com a mãe-natureza, nos permite entrar em contato com nossa essência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Recomendados