Marmalade Boy – Live-action

    Ah com certeza esse deve ser um live-action bastante conhecido. Tenho essa impressão pelo menos. Apesar de não ter visto o anime, e desconhecer por completo a história, assisti o filme e aqui tenho a minha opinião sobre o enredo do mesmo.
   E antes de mais nada, saiba que nesse post irá conter spoilers. Se você não gosta, então não leia.
Sinopse: Miki (Hinako Sakurai) é uma estudante do ensino médio. Um dia, seus pais lhe dizem que vão se divorciar e vão trocar de parceiros com uma outra família, um casal que conheceram em uma viagem ao Havaí. Os pais de Miki também lhe dizem que esse casal tem um filho chamado Yuu (Ryo Yoshizawa) e que todos eles vão viver juntos na mesma casa. Depois disso, as duas famílias começam a viver juntas e Miki começa a ter sentimentos por Yuu. Ele não fala muito, mas é gentil com ela. Entretanto as duas famílias escondem um grande segredo de seus filhos (Dopeka).
Resultado de imagem para marmalade boy live action gif

Uma nova configuração familiar

   Esse é o primeiro ponto pelo qual eu gostaria de falar. Primeiramente, o que seria uma configuração familiar? Se trata “do tipo” de família, grosseiramente falando. Existem várias, como por exemplo: famílias monoparentais (pais solteiros e filhos), família homoparental (cujos pais são homoafetivos vivendo com seus filhos), avós e netos, tios e sobrinhos, etc…
   Nesse filme ele trouxe uma abordagem nova, principalmente para animes e para os filmes japoneses. Levem em consideração que estamos falando de uma cultura bem rígida. Temos dois casais vivendo sob o mesmo teto.
   Ah, mas isso não é estranho.
   O que é um tanto quanto estranho é o fato de que os casais – antes de se mudarem para a mesma casa – se divorciaram e começaram uma nova relação… confuso? Estou me batendo para tentar explicar haha.
   Vou mudar de tática, temos o casal 1, composto pela Mãe A e o Pai B; e temos o casal 2, composto pela Mãe C e o Pai D. Cada casal tem um filho, o casal 1 é a garota Miki, e o casal 2 tem um filho chamado Yuu. 
   Os casais fizeram uma viagem para o Hawaii onde se encontraram, e tomaram a decisão de se divorciarem para trocar de parceiros. Só que eles vão morar tudo na mesma casa. 
   Agora sim, ficou claro. Certo?
   O que mais me chamou a atenção é que de inicio, Miki não parecia contente com a mudança. Ao contrário de Yuu que levou tudo numa boa. A garota queria que a familia permanecesse a mesma, pois ela não estava preparada para a questão de divórcio e recasamento acontecendo tudo na mesma hora.
   Digamos que deu a entender que não houve um tempo, uma boa conversa entre o casal 1 e a filha sobre as mudanças que estavam por vir. É claro que ela iria rejeitar, pois é confuso, ninguém perguntou como ela se sentia com a situação toda, e o quanto de sua vida iria mudar.
   Claro que ela iria se acostumar e tudo se resolveria, mas quando se trata de filhos que moram com os pais, principalmente crianças e adolescente, é essencial que se ouvem o que eles tem para dizer. 
   Mesmo que Miki não gostasse da situação, os adultos deram continuidade ao seus planos. Porém, a protagonista já recebe um aviso “nada de se apaixonar por Yuu”. Guardem essa informação.
Resultado de imagem para marmalade boy live action gif

Vida que segue, vou te tolerar

   Yuu se mostra um irmão bem brincalhão e despojado. Ele até troca de escola para a mesma de Miki. Porém, no inicio os dois não chegam a se falar tão abertamente, seus diálogos são mais em casa. 
   Miki logo percebe que Yuu poderia ter alguns segredos, principalmente quando o vê junto com um cara estranho. Mas ela não dá uma de intrometida, deixa o assunto de lado e vai jogar o seu tênis.
   Inclusive esse é um esporte em comum entre os dois, tênis. Até Miki tinha um crush em um colega de time, que teria rejeitado ela quando se confessou, e que depois de ver Yuu resolve voltar atrás, cof cof. 
   Voltando ao casal, Miki até tolera a presença de Yuu e suas brincadeiras, mas acontece que os dois vão ficando cada vez mais próximos. É ele quem a beija primeiro, inclusive, mas ela estava inconsciente…
    Quando Miki percebe que está gostando de Yuu, ela até disfarça. Principalmente quando a ex dele aparece dando recados. Só que chega um momento que não dá, para ambos. 
   Os sentimentos chegam com força e os dois começam a se relacionar.
   É claro que as coisas não ficar flores. Afinal, é metade do filme apenas.
Resultado de imagem para marmalade boy live action gif

A descoberta

    Miki finalmente descobre quem seria o homem com quem Yuu vinha se encontrando. Ele é filho de um homem rico que poderia ser o pai biológico de Yuu. Sim, o protagonista “descobre” que seu pai não é o biológico.
   Escondendo a descoberta da mãe, Yuu começa investigar por conta própria quem seria seu pai. A primeira tentativa fora o homem rico com quem sua mãe trabalhou e até teria tido um caso com o mesmo.
   Porém, sua hipótese é logo descartada quando o cara já diz que a mãe de Yuu nunca lhe dera bola. 
    Mesmo com a situação, o casal continua a relação.
   Até que Yuu encontra na dispensa, uma foto antiga dos dois casais. Nessa foto os casais já estavam trocados. Yuu ficou confuso, e logo acredita que o seu pai biológico seria o Pai B.
    O que o tornaria meio irmão de Miki.
Resultado de imagem para marmalade boy live action gif

Se descobrir algo, fale!

    Diante de tal descoberta, e das inúmeras hipóteses que surgem na cabeça do moleque, Yuu começa a se sentir mal por estar gostando de sua possível irmã. 
  Já imaginam o que vem, né? Ele se afasta e começa a bancar o frio. Miki não consegue entender direito, já que ela estava completamente entregue á relação e os seus sentimentos. 
   Tudo piora quando ele, repentinamente, avisa que irá fazer uma faculdade em outra cidade. Yuu tomou a decisão sozinho, nem conversou com Miki. Claro que ela ficou bem chocada, principalmente por não saber de absolutamente nada sobre os motivos do rapaz.
   Mas ela não poderia fazer algo para impedir. E assim o tempo passou. Miki se formou na escola, até cortou o cabelo, e decide dar fim aos seus sentimentos. Para isso, ela iria encontrar-se com Yuu uma última vez, passar um bom momento com ele.
   Quando ela o encontra, percebe que a fila já tinha andando. Sim, Yuu já estava em outro relacionamento. Só que isso não a impediu de cumprir seu objetivo, e assim os dois tiveram de conversar.
   Yuu, finalmente, fala com Miki sobre o motivo dele ter partido. Assim como mostra a foto para ela. Os dois admitem que ainda tem sentimentos fortes um pelo o outro, e até decidem dar um passeio para aproveitarem o momento juntos. 
   Entretanto, os sentimentos falam alto dessa vez. Mesmo que fossem irmãos de sangue iriam ficar juntos e se casarem. Com essa decisão tomada, eles iriam até a casa dos pais para confrontá-los e receber suas bençãos.
   Enfim na casa dos pais, enfim contando tudo o que havia descoberto. Yuu e Mika já esperavam gritos e várias formas de separarem ela do rapaz que ama, mas… não é isso que rola.
   A mãe de Yuu fica bem confusa com a declaração do filho. Afinal ele agradeceu ao suposto pai adotivo por ter sido um ótimo pai, até foi no pai da Miki e falar algo para ele. E aí vem a bomba, ela tinha ficado grávida do pai de Miki, só que ela perdeu o bebê logo depois de ter se casado.
   A primeira bomba é que os casais já se conheciam da época da faculdade. Eles se gostavam, mas acabaram se afastando e trocando de pares constituindo a família que tem. E, coincidentemente, eles se reencontraram no Hawaii e notaram que ainda tinham sentimentos um pelo outro.
   Ah gente, sabe aquela sensação de vergonha alheia? Eu senti isso vendo esse filme. Yuu foi mega precipitado.
Resultado de imagem para marmalade boy live action gif

Conclusão

   Quando você descobrir algo sobre sua família, não guarde para si. Pergunte, chama no cantinho e converse. Evite todo esse drama que o Yuu criou. Ele se afastou da Miki por nada… por meras hipóteses mirabolantes que ele criou na cabeça. 
   Ah, lembram quando eu disse para guardarem sobre a mãe da Miki ser contra a filha se apaixonar pelo Yuu? Pois é… foi pra nada mesmo. Não ficou tão claro no filme, pelo menos ao que eu me lembre. 
   Admito que senti muita vontade de assistir o anime, só para saber os pormenores do enredo. E até me assustei quando notei o mesmo é bem grandinho. Contudo, não acredito que o anime inteiro vai girar em volta nesse engano do Yuu… por favor né. 
   Quem sabe eu veja, e faça um post aqui no blog para destacar mais tramas sobre esse casal?
   E sim, o filme é recomendado haha. O romance do casal é gostoso de acompanhar, principalmente por não termos tanto drama envolvido. Tirando o Yuu né… enfim. Vejam o filme 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia sobre esses artigos
5 passos para iniciar a Bruxaria Natural Lista de leitura para Bruxinhos Iniciantes Como começar na Bruxaria Natural