Elemento água: quadrante oeste da bruxaria
Astrologia Bruxaria

Elemento água: quadrante oeste da bruxaria

O último elemento a ser estudado é a água. Regendo os signos de Câncer, Escorpião e Peixes, seu quadrante no altar é oeste. As cores desse elemento são azul, verde, índigo, azul esverdeado, cinza, roxo e preto, e sua estação é o outono.

Finalmente iremos falar daquele elemento que envolve nossas emoções, que podemos nos conectar ao tomar banho de mar, rios e chuva. Aquela que alimenta a natureza, fazendo de nossas plantas crescerem e se tornarem belas para dar frutos. Aquele que envolve os bebês no útero de suas mães, nutrindo e desenvolvendo por nove meses.

Eu sou a Agua ao seu redor Eu sou a pulsação da vida dentro de você Eu sou o oceano fluindo através de você Eu sou tudo o que sou! Abbi Spinner

Correspondências do elemento água

Energia: Receptiva, feminina

Trabalho ritual: Emoções, sentimentos, amor, coragem, ternura, tristeza, intuição, a mente inconsciente, o ventre, geração, fertilidade, plantas, cura, comunicação com o mundo espiritual, purificação, prazer, amizade, casamento, felicidade, sono, sonhos, o psíquico, o eu interior, simpatia, amor, reflexão, marés e correntes da vida, o poder de ousar e purificar as coisas, sabedoria interior, busca da visão, curar a si mesmo, visão interior, segurança, jornadas.

Lugares: Lagos, rios, fontes, poços, praias, banheiras, piscinas, chuveiros, o oceano e as marés.

Formas rituais: Diluir, colocar na Água, lavar, banhar-se.

Natureza Básica: Purificar, fluir, curar, suavizar, amar, movimentar. A umidade é a manifestação da Água.

Fase da Vida: Maturidade

Tipos de magia: Mar, gelo, neve, neblina, espelho, ímã, chuva.

Tempo: Anoitecer

Ferramentas: taça, caldeirão, espelho, o mar.

Sentido: paladar

Pedras: Água marinha, ametista, turmalina azul, pérola, coral, topázio azul, fluorita azul, lápis lazuli, sodalita.

Metais: Mercúrio, prata.

Incensos: Mirra, camomila, sândalo.

Plantas e árvores: Lótus, samambaia, musgo, arbustos, alga, couve-flor, gardênia, salgueiro.

Animais: Dragões, serpentes, golfinhos, focas, todos os peixes, mamíferos marinhos e criaturas marinhas, gato, sapo, tartaruga, lontra, ostra, cisne, caranguejo, urso.

Deusas: Afrodite, Ísis, Tiamat, Frigg

Deuses: Dylan, Osíris, Netuno e Poseidon.

Instrumentos: Piano, teclados, cravo, sinos.

A simbologia da água

A água é reflexiva, calma, porém não é passiva. Diante de obstáculos, ela o envolve se moldando á qualquer recipiente, sendo que nós deveríamos adotar essa flexibilidade também.

Nós, seres humanos, temos abundância desse elemento em nossa estrutura. Somos feitos por cerca de 75% de água, que se encontra em nossas células, sangue, cérebro, urina. Quando a mãe gera o seu filho, ele se encontra dentro do saco gestacional/placenta completamente imerso na água (líquido amniótico).

Durante a nossa vida, podemos perceber o que a falta da água nos causa. Sentimo-nos cansados, sedentos, temos nossas peles ressacas. Inclusive, nos tornamos pessoas apáticas, frias, que não conseguem se conectar ao próprio emocional.

A água nos relaciona com a Grande Mãe, e seu útero nutridor pelo qual todos nós viemos, e para lá voltamos. Olhar para o mar, então, é enxergá-lo como o útero de Gaia, milênios atrás, onde os seres vivos saíam das águas para irem ás terras. É apreciar a vida que ele deu, dá e nos dará.

Dentro da bruxaria, iremos nos conectar com Deuses que são ligados a esse elemento. Com isso percebemos que eles também irão trabalhar as nossas emoções e sentimentos. Buscamos constantemente o equilíbrio, para evitar a euforia e a depressão (polos extremos das emoções).

Além disso, esses sentimentos e emoções irão envolver todos em nossa volta. A forma como vemos as oportunidades e situações da vida, cuidando com o impacto que terá em nós. Não irei cuidar somente do eu, mas do eu que impacta o você e os outros.

Outra característica desse elemento envolvia a psiquê humana. O nosso inconsciente e consciente, que precisam ser mergulhados para se conhecer.

Elemento água na astrologia

A água é considerada fria e úmida, carregando a paciência, compassividade e empatia. Trabalha na quarta, oitava e décima segunda casa, junto dos planetas Netuno, Plutão, Lua e Vênus.

Inclusive, Vênus é trabalhado por conta de sua versão na mitologia grega, Afrodite. A Deusa do amor e da beleza nasceu do mar. Juno, sendo representada como Hera, é um asteroide associado á Libra, mas tem uma característica de autosacrifício que se associa á Peixes. Isso vem por conta das traições que Zeus cometia.

A água limpa flui de forma equilibrada, assim o sujeito pode se relacionar emocionalmente com os demais e ter empatia. Da mesma forma, ela entrará em contato com sua intuição, a ponto de manifestar habilidades criativas.

Esse elemento se encontra acima da terra, mas abaixo do ar, por isso sua flexibilidade é nutridora. No entanto, a água pode ser difícil de compreender, pois suas faces mudam assim como as marés e as fases da lua. Sendo assim, é comum que tenhamos diferentes sentimentos ao longo dos dias, sendo esse o motivo de estar ligado á Lua.

Pessoas que tem o elemento água presente no mapa astral de forma equilibrada, são guiadas por sentimentos e intuições. Podem ser sensíveis e olhar para o outro com empatia por compreender de suas dores. Dependendo da situação, esquece de cuidar de si mesmo, por ter o outro como primeiro plano de cuidado.

Falta do elemento água no mapa astral

Quem tem uma baixa porcentagem da água no mapa astral, pode ser incapaz de demonstrar sentimentos e expressar a empatia. O corpo é mostrado uma falta de suavidade, chegando a ter sede por sofrer com a desidratação.

Quando falamos de sentimentos, a falta de água trás o medo, falta de confiança, falta de motivação acentuada. Não terá facilidade em contactar as próprias emoções, e terá comportamento frio, insensível, desapaixonada. Há um medo de sentir dores, e por isso desprezam as emoções.

Tratando-se da intuição, pode haver uma desconfiança. Isola-se do meio social, por conta do mundo real não parecer fazer sentido, e assim evita-se envolver-se na emoção dos outros. No entanto, pode haver a busca de algo ou alguém que tenha essa carga emotiva.

Seja na espiritualidade ou nas relações, é uma forma de recuperar a energia superficialmente.

Para aumentar o contato com a água, é interessante beber mais líquidos, viver próximo da água e se envolver com atividades artísticas que irão desenvolver sua intuição e criatividades. Caso deseje trabalhar com pedras e cristais, as recomendadas são: turmalina, opala, quartzo esfumaçado, obsidiam preta.

Excesso do elemento água no mapa astral

Já o excesso pode nos tornar obesos, sonolento, sonhadores, preocupados com segurança. Ela também impede que o elemento fogo se expresse, porque desacelera o corpo.


Leia também: Elemento fogo: quadrante sul da bruxaria


A pessoa tem de lidar com várias emoções, a tornando sentimentalista sem controle. Como pode ter uma energia empática forte, deixará de pensar em si para cuidar do outro cada vez mais. Inclusive nas relações amorosas, se mantém nele mesmo sem ter emoções pelo parceiro. No entanto, como deseja cuidar do outro, irá continuar a relação.

Para lidar com o excesso, é recomendado refeições cozidas e beber chás diuréticos de ervas (dente-de-leão, urtiga, alfafa). Trabalhe, também, com as seguintes pedras e cristais: quartzo rosado, kunzita, turmalina rosada, aventurina verde, sugilita, fluorita e ametista.

O elemento em nosso corpo

Quando temos o excesso de água, podemos encontrar manifestações físicas como o acúmulo de muco e resfriados. Até mesmo obstrui o rim pela forte demanda. O excesso também pode prejudicar a digestão, a tornando lenta e a pessoa não sente tanta fome.

Por abaixar o elemento fogo, a água pode atuar no coração ao causar insuficiência cardíaca.

Já na falta do elemento, a pessoa terá um corpo ligeiramente fraco e magro e até mesmo apresentar olheiras debaixo dos olhos. Tem calor nos pés e pode emagrecer com facilidade, além de ter um comportamento mais agitado.

Apresenta sinais de sede, como a boca e pele seca. Pode ter problemas em ir no banheiro por estar ressecado, e a urina é bem escura.

Elemental da água

Diferente das sereias que são mais retratadas nas mídias (em específico nos filmes), o elemental da água são as Ondinas.

Há quem diga que existem vários grupos delas, e que habitam cataratas, pântanos, charcos, brejos, lagos das montanhas. Sua fisiologia é semelhante ao do humano (e não tem cauda de peixe no lugar das pernas), tanto em seu tamanho quanto na forma. As que habitam os rios e fontes que são pequenas, também tem seu tamanho menor. Costumam viver em cavernas de corais, ou nos juncais dos rio e praias.

São criaturas belas, o que é comum dos espíritos da água. Até mesmo na arte elas são representadas de tal forma. Comumente são representados no aspecto feminino, por conta da água sempre ter sido simbolizado como feminino. Dentre as arte que as ilustram, são representadas cavalgando golfinhos marinhos e peixes grandes.

Sua rainha se chama Necksa, e as Ondinas a amam demais. São seres emocionais, amigáveis com os humanos, e até mesmo gostam de servir à humanidade. Também tem um amor especial por flores e plantas, servindo á elas com devoto comparável aos gnomos. Gostam de cantar, e é possível de escutar no vento oeste.

Em nós, auxiliam a encontrar nossa nascente interior. O dom da empatia, cura e purificação são despertados pelas Ondinas. Da mesma forma, elas trabalham a nossa natureza emotiva como a intuição e respostas emocionais. Ajudam-nos a absorver, digerir e assimilar as experiências que vivenciamos de forma que aproveitemos dela.

Fontes

As plantas e os planetas – Ana Bandeira Carvalho

A astrologia da Mãe-Terra – Marcia Starck

O livro das sombras – Alquimia de caldeirão

Magia natural – Scott Cunningham

Diário mágico de uma bruxa

Astrolink – Elemento Terra

Arquivo doc sobre os elementos e elementais

Veja outros assuntos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.